PUBLICIDADE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

5 coisas que você deve fazer todos os dias para evitar a queda de cabelo

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Não faltam receitas caseiras eficazes para combater a queda de cabelo. Mas alguns hábitos diários são essenciais para evitar o problema.

A queda de cabelo é um verdadeiro pesadelo para muitas pessoas.

E para homens e para mulheres.

Tratamentos caseiros são sempre bem-vindos.

No entanto, há hábitos diários  fundamentais que devemos ter para evitar o problema da queda.

Além disso, esses hábitos corriqueiros, mas muitas vezes ignorados, apotencializam os tratamentos que evitam a queda dos fios.

E esses hábitos também são ótimos para quem não sofre de queda de cabelos, pois deixam os fios mais bonitos e fortalecidos.

Hábitos diários que ajudam a evitar a queda de cabelo

Alimentação rica em proteína

Não há receita milagrosa para a queda de cabelo sem uma dieta adequada.

No caso, uma alimentação rica em proteínas ajuda muito a evitar o problema.

Isso porque a proteína é o principal componente da formação e crescimento dos fios de cabelo.

Além disso, evita poros entupidos, que é justamente um dos principais fatores de calvície.

Assim, inclua em sua dieta peixe, ovos, leite e derivados.

Ômega 3 para tratar a queda de cabelo

Não precisa consumir produtos industrializados ou pílulas para atingir os níveis necessários desse ácido, que é um dos mais potentes estimulantes para o crescimento dos fios e tratamento da queda.

Por exemplo, consumir peixe uma ou duas vezes na semana já garante a cota de ômega 3.

Além disso, diariamente, consuma duas colheres (sopa) de chia ou de semente de linhaça.

Nozes, castanha de caju e castanha-do-pará (esta última não mais que duas unidades por dia) também ajudam bastante a deter a queda.    

Cuide dos cabelos

Cuidar com frequência dos cabelos é essencial para tratar a queda.

Cada tipo de cabelo requer cuidados e produtos específicos. 

No enquanto, para quem sofre da terrível queda de cabelo, algumas precauções são comuns, como:

  • Não exagerar em cosméticos oleosos no couro cabeludo. Use produtos específicos para queda de cabelo.
  • A hidratação dos fios é importante, no entanto deve ser feita apenas nas pontas dos cabelos, bem longe da raiz.
  • Massagear o couro cabeludo com muito cuidado e com as pontas dos dedos. A massagem estimula a circulação sanguínea, porém, de forma brusca ou em exagero, pode estimular a seborréia – um dos fatores da calvície. Assim, recomenda-se massagear a cabeça em dias intercalados, por alguns minutinhos.
  • Ao entrar na piscina ou no mar, deve-se usar uma touca protetora. O sal e o cloro costumam agredir o couro cabeludo e favorecer ainda mais a queda de cabelos.
  • Evitar uso exagerado de bonés e chapéus em dias quentes, pois abafa a raiz.
  • Não use secador quente diretamente no couro cabeludo. Prefira o jato frio.
  • A água do chuveiro deve estar fria para lavar os fios. Nos dias mais quentes, usar água levemente morna.
  • Não dormir de cabelos presos. Além disso, evitar passar longos períodos com as madeixas amarradas.
  • Evitar o cirgarro.

Atividades físicas

Praticar atividades físicas com regularidade faz bem para tudo.

E para evitar e tratar o problema, não é diferente.

Ao se exercitar, você estimula a circulação sanguínea e a produção de hormônios responsáveis pelo crescimento dos fios e que evitam que eles venham a cair.

Além disso, as atividades ajudam a controlar o estresse, que é um fator importante nas causas da queda.

E não precisa ser um atleta. Por exemplo, se exercitar três vezes na semana, por uma hora, já dá resultados satisfatórios.

Hidrate-se

Beber de dois a três litros de água por dia é um dos hábitos diários mais importantes.

Essa é a quantidade para quem sofre de queda de cabelo.

A boa hidratação contribui para a eliminação de toxinas, que costumam entupir os poros do couro cabeludo.

Quando procurar um médico?

Se você segue todas as recomendações de bons hábitos diários e já apostou em diversos tratamentos naturais, mas mesmo assim o problema não melhora ou até piora, está na hora de procurar um especialista.

Nesse caso, é necessário se consultar com um médico dermatologista, que poderá solicitar exames e propor outros tratamentos.

Além disso, algumas doenças podem acentuar o problema da queda de cabelos.

Assim eventuais enfermidades devem ser tratadas adequadamente, para que as opções de combater a queda façam efeito.

Doenças que costumam favorecer a queda de cabelo:

  • Alopecia (doença autoimune não contagiosa)
  • Problemas metabólicos, como hipo ou hipertiroidismo
  • Deficiências de vitaminas
  • Problemas de origem intestinal, como infecções crônicas
  • Depressão, ansiedade, estresse pós traumático
  • Doenças renais crônicas
  • Algumas doenças sexualmente transmissíveis
  • Ovário policístico
  • Psoríase 
  • Diabetes  

Mais Lidas