- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

5 alimentos que são proibidos para quem tem ansiedade

A ansiedade é um dos mais comuns transtornos mentais que existem. Para evitá-la ou controlá-la, a alimentação correta é essencial.

Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), a ansiedade e a depressão, dois dos mais prevalentes tipos de transtornos mentais, cresceram 25% nos últimos anos.

Outra informação da OMS, agora colhida de um estudo realizado em 2019, dá conta de que mais de 18% dos brasileiros sofrem com algum transtorno de ansiedade.

Todos esses dados, aliados aos efeitos sentidos na vida diária, só reforçam a gravidade desse transtorno.

Mas como vencer a ansiedade?

Especialistas apontam que uma série de fatores devem ser levados em consideração no tratamento.

Entre esses fatores, a alimentação está em primeiro plano, pois o que comemos pode tanto inibir o transtorno quanto potencializá-lo.

Neste artigo, falaremos sobre alimentos que podem aumentar a ansiedade, os quais devem ser evitados por quem já sofre com o transtorno ou quem deseja evitá-lo.

Para contextualizar melhor, também explicaremos melhor o que é esse problema e quais são as suas principais características.

Afinal, o que é a ansiedade e como ela se manifesta?

Diferentemente de outros transtornos, como o estresse, a ansiedade nem sempre precisa de um fator externo para acontecer.

O distúrbio pode “dar as caras” por questões hormonais, por exemplo, como quando há a falta de serotonina no organismo, neurotransmissor conhecido como “hormônio da felicidade”.



Mas é inegável que solidão, desemprego, estresse, falta de lazer, desvalorização e outras situações, podem conduzir uma pessoa saudável a um quadro de ansiedade.

A ansiedade pode provocar vários sintomas, entre físicos e mentais, como:

  • Taquicardia;
  • Confusão mental;
  • Suor frio;
  • Distonia (suor frio nas mãos e pés);
  • Boca seca;
  • Desânimo e fraqueza.

Veja abaixo cinco alimentos que devem ser evitados por quem tem ansiedade.

5 alimentos proibidos para os ansiosos

Como foi dito acima, a reeducação alimentar faz parte dos esforços para tratar ou evitar a ansiedade.

Por isso, alguns alimentos devem ser evitados, uma vez que podem piorar os sintomas e atrapalhar o processo de cura da pessoa acometida.

Veja a seguir alguns desses alimentos e entenda porque eles devem ser evitados.

Bebidas alcoólicas

Muitas pessoas acham que o álcool pode combater a ansiedade, uma vez que provoca um estado de euforia em quem o consome.

Porém, esse entendimento está totalmente equivocado.

O álcool é um opressor do sistema nervoso, induzindo impulsos anormais que podem, na verdade, piorar os sintomas de ansiedade.

Biscoitos e doces industrializados

Os biscoitos e outros alimentos industrializados ricos em açúcar refinado são verdadeiros venenos para pessoas ansiosas.

Isso porque, além do mal que o açúcar pode fazer ao organismo no geral, ele pode causar vício no consumidor, aumentando ainda mais os sintomas da ansiedade.

Por isso, se você sofre com o transtorno ou deseja evitá-lo, elimine esses “alimentos” da sua dieta.

Café

O café é rico em cafeína, um poderoso estimulante do sistema nervoso.

Por isso, consumir quantidades excessivas da bebida pode aumentar o estado de alerta, impedindo o relaxamento e induzindo o surgimento de sintomas de ansiedade.

O café deve ser principalmente evitado à noite, porque é muito prejudicial ao sono.

Embutidos industrializados

Os embutidos industrializados como salsicha, presunto, linguiça e outros, são ricos em gordura trans, sódio, conservantes e outros produtos nocivos à saúde.

Além disso, esses compostos podem afetar o sistema nervoso, “matando” os substratos neurais que controlam as reações que provocam medo, ansiedade, estresse e outras sensações desagradáveis.

Inclusive, esses efeitos podem ser potencializados se o consumo desses alimentos for iniciado na fase da adolescência.

Refrigerantes

Que os refrigerantes são vilões de uma vida saudável, você com certeza já sabe.

Mas, além de todo mal que representam, esses produtos podem piorar os sintomas de ansiedade em uma pessoa que sofre com o transtorno.

Esse efeito é causado pelos adoçantes, corantes, conservantes e aromatizantes artificiais presentes nesse tipo de bebida.

Esses compostos causam problemas intestinais, hiperglicemia, aumento das taxas de triglicerídeos e outros males que impactam o funcionamento correto dos neurotransmissores.

Sem neurotransmissores devidamente funcionais, a pessoa começa a apresentar sintomas de irritabilidade, estresse, medo, ansiedade e outros transtornos.

- PUBLICIDADE -

Veja Também

Redes Sociais

3,436,539FãsCurtir
159,642SeguidoresSeguir
583,754SeguidoresSeguir
522SeguidoresSeguir
3,925SeguidoresSeguir
564,000InscritosInscrever
- PUBLICIDADE -

ÚLTIMAS PUBLICAÇÕES

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -