PUBLICIDADE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

5 alimentos que destroem o fígado e fazem você se sentir muito cansado

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Veja cinco alimentos que destroem o seu fígado, e a importância de reduzir ou eliminá-los de vez da sua dieta, para ter saúde e mais qualidade de vida.

O fígado é, sem dúvidas, um dos órgãos mais importantes do organismo.

Ele desempenha diversas funções que são essenciais para manter tudo funcionando da melhor forma.

Por isso, é muito importante evitar os alimentos que danificam o seu fígado.

Afinal, ele atua diretamente na regulação de todo o processo digestivo, ajudando a eliminar substâncias que são nocivas ao nosso organismo, evitando que ocorra acúmulo de toxinas.

Além disso, também ajuda a prevenir o desenvolvimento de várias doenças.

Pela grande importância do órgão, a sua saúde deve ser preservada.

E o melhor caminho é adotar uma alimentação saudável, que não sobrecarregue o órgão.

Ingerir alimentos com muita caloria, gordura ou com muito açúcar acaba prejudicando a saúde do fígado.

Por isso, é muito importante saber quais os alimentos que precisamos retirar do consumo do dia a dia.

Dessa forma, você garante um bom funcionamento do órgão e evita problemas sérios no futuro.

A seguir, você pode conferir uma lista com cinco alimentos que danificam o fígado, e que você deve retirar do seu consumo diário.

Confira!

5 alimentos que destroem o fígado

Álcool

Muitas pessoas já sabem que o álcool é uma das substâncias com maior capacidade de prejudicar o fígado.

Isso ocorre porque o álcool, em excesso, atua no organismo como uma toxina, que acaba danificando o tecido hepático.

Com isso, acumula gordura no órgão e causa inflamações.

Além disso, o álcool ainda prejudica muito a absorção dos nutrientes de forma adequada.

Por isso, se você quer evitar que o consumo do álcool afete o funcionamento desse órgão, é melhor ingerir com moderação e evitar o seu consumo todos os dias.

Aliás, é importante ressaltar que o excesso de álcool pode trazer riscos de patologias bem graves, como a cirrose, a hepatite e a esteatose hepática.

Carnes vermelhas

Um dado que muitas pessoas nem imaginam é que alimentos muito ricos em proteínas, como é o caso das carnes vermelhas, também danificam o seu fígado, pois tornam o processo de digestão muito lento.

Por isso, são capazes de causar uma sobrecarga no funcionamento do fígado e do cérebro.

Além disso, a carne vermelha possui um alto teor de gordura que, quando começa a ser consumida excessivamente, acumula no fígado, assim como o álcool, afetando a saúde e o funcionamento do órgão.

Portanto, o ideal é limitar o seu consumo de carnes vermelhas, principalmente se você consome muito.

E dar preferência para carnes mais magras, como o frango e o peixe.

Isso ajudará bastante a preservar a saúde do fígado no longo prazo.

Manteiga

A manteiga é um dos alimentos com maior índice de gordura saturada, que é extremamente prejudicial à saúde do fígado, bem como do organismo como um todo.

Por isso, não poderia faltar na lista de alimentos que destroem o fígado.

Ou seja, os alimentos com excesso de gordura, no geral, como a manteiga, a margarina e a maionese, são muito prejudiciais para o fígado se forem consumidos regularmente.

O fígado possui a capacidade de armazenar gordura, daí a importância de tomar muito mais cuidado com alimentos que são feitos à base de gordura, como é o caso da manteiga.

O ideal é evitar consumi-la em excesso, e substituir por opções mais saudáveis no dia a dia.

Afinal de contas, o que prejudica mesmo é o excesso.

Por isso, comece a deixar o pãozinho na chapa apenas para as manhãs de domingo, por exemplo.

Embutidos

Os alimentos embutidos possuem um mix de componentes bastante prejudiciais ao fígado: muito sódio, conservantes, aromas artificiais e corantes.

O excesso de ingestão desses alimentos leva a uma maior retenção de fluidos que, por sua vez, acaba prejudicando muito o fígado.

Portanto, evite os alimentos embutidos no dia a dia, como aquela salsicha ou nuggets na hora do almoço, ou aquele lanche “saudável” cheio de peito de peru ou presunto à tarde.

E deixe para consumi-los somente de vez em quando.

Bebidas açucaradas

Por fim, bebidas muito açucaradas também estão na lista dos alimentos que danificam o fígado.

Por isso, os especialistas sempre aconselham tomar muito cuidado com o consumo de refrigerante.

Bebidas muito ricas em frutose ou xarope de milho, como é o caso dos refrigerantes, dos energéticos e dos sucos de caixinha, por exemplo, são muito mais prejudiciais ao órgão do que você pode imaginar.

Essas bebidas possuem um alto teor de carboidratos e um excesso de frutose que aumentam o risco de inflamações no fígado, pois o fígado trabalha transformando carboidratos em gordura.

Assim, nesse processo, a gordura é armazenada e aumenta o risco de desenvolver doenças hepáticas, como a do fígado gordo.

Por isso, prefira sempre opções de bebidas mais saudáveis e, de preferência, sem açúcar, principalmente se forem bebidas industrializadas.

Você pode, inclusive, procurar substituir o açúcar branco que coloca no suco por formas mais saudáveis de adoçá-lo, como utilizar o açúcar demerara ou a stévia.

Mas sempre consulte um nutricionista, para ser mais bem direcionado na escolha.

Agora que você conhece quais são os cinco alimentos que podem destruir o seu fígado, é só começar a cuidar melhor da alimentação e garantir muito mais qualidade de vida!

Mais Lidas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a nossa Política de Privacidade.