domingo, 17 outubro 2021
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Os 4 melhores suplementos para proteger o coração

Conheça agora quatro suplementos naturais que vão turbinar o funcionamento do seu coração e protegê-lo de doenças.

O coração é uma máquina incrível, que funciona ininterruptamente para que possamos viver.

Além disso, o nosso músculo cardíaco não precisa de peças de reposição e/ou “parar” para fazer manutenções, como as máquinas criadas por homens.

Você já parou para pensar nisso?

Um ser humano adulto possui cerca de sete litros de sangue, e todo esse líquido é bombeado pelo coração.

Entre outras coisas, as funções respiratórias também têm grande influência do coração.

Por tudo isso, cuidar desse órgão vital é mais que uma obrigação, é um caso de vida ou morte.

Os fatores de risco que geram doenças do coração são, principalmente, uma dieta desregulada e o sedentarismo, fatores que levam a comorbidades como a obesidade.

Esses hábitos podem comprometer a saúde do coração e provocar o aparecimento de doenças no órgão.

Neste artigo, nós preparamos uma lista especial com quatro suplementos naturais que você pode consumir sem medo porque irão nutrir seu coração, protegendo-o de doenças como a hipertensão.

4 suplementos que promovem a saúde do coração

As substâncias que apresentaremos a seguir são indicadas por um dos maiores especialistas em coração do mundo, o cardiologista norte-americano Stephen Sinatra.

Segundo o doutor Sinatra, esses suplementos não só previnem doenças no coração, como também podem ser usados no tratamento de arritmia, insuficiência cardíaca, hipertensão e outras.

Coenzima Q10

A chamada coenzima Q10 é uma substância de suma importância para o bom funcionamento do organismo, existindo praticamente em todas as células do corpo.

Entre as funções vitais que esse composto desempenha, está a geração de energia nas mitocôndrias, que são pequenas “baterias” presentes no interior das células.

Além disso, a coenzima Q10 é um anti-inflamatório e antioxidante poderoso, combatendo o estresse oxidativo e os radicais livres.

Tanto a produção de energia quanto às propriedades antioxidantes da coenzima Q10 são essenciais para o bom funcionamento do coração e também do cérebro, devido aos altos níveis de energia gastos no funcionamento de ambos.

Logo, baixos níveis da coenzima no organismo comprometem a saúde do coração.

Especialmente em pessoas com mais de 40 anos de idade, a quantidade de coenzimas Q10 no organismo começa a cair naturalmente, forçando a necessidade de suplementação da substância.

Pessoas que fazem uso de medicamentos para controlar o colesterol, ou que já possuam problemas cardíacos, também devem buscar a suplementação de coenzima Q10.

Atenção: o composto suplementar que deve ser tomado para adquirir coenzima Q10 é o ubiquinol, substância vendida em forma de cápsulas, que pode ser encontrada em farmácias e lojas autorizadas.

Existe outro suplemento de coenzima Q10 chamado de ubiquinona, porém esse não possui uma boa eficácia na suplementação, sendo preferível o uso do ubiquinol.

Magnésio

O magnésio é um famoso e importante mineral presente em nosso corpo.

Ele é responsável pela produção de vários tipos de enzimas que ajudam o organismo a funcionar bem.

Essa substância é conhecida como um “antiarrítmico” natural, pois a arritmia cardíaca está associada aos baixos níveis de magnésio no organismo.

Além disso, o magnésio relaxa os vasos sanguíneos e impede que moléculas de cálcio obstruam as artérias, combatendo assim a hipertensão.

Portanto, se você já é hipertenso, possui arritmia ou deseja prevenir essas doenças, deve procurar suplementar a sua dieta com magnésio.

Dica: para ajudar o magnésio a impedir que o cálcio obstrua as artérias, tome junto com o mineral suplementos das vitaminas K2 e D3, pois elas potencializam a ação do magnésio, direcionando as moléculas de cálcio para os ossos, onde são necessárias, e não para a corrente sanguínea.

L-carnitina

A L-carnitina é uma substância que desempenha um trabalho interessante e versátil no organismo humano.

Esse elemento sintetizado naturalmente pelos rins e pelo fígado é mais um composto empenhado na geração de energia para o corpo.

Ocorre que a L-carnitina leva determinadas quantidades de ácidos graxos estocados no corpo até as mitocôndrias, as pequenas baterias já citadas mais acima, que existem dentro das células.

Esse movimento gera mais energia e, portanto, é essencial para o bom funcionamento do coração, que trabalha constantemente e precisa de grandes quantidades de força.

O trabalho da L-carnitina é muito apreciado por quem deseja perder peso, pois o efeito termogênico que a substância provoca acelera o metabolismo, intensificando a queima de gordura.

Pessoas veganas e vegetarianas, em especial, geralmente possuem níveis mais baixos de L-carnitina no organismo, precisando de uma suplementação da substância.

D-ribose

A D-ribose é um tipo de açúcar, mas que, diferentemente dos açúcares convencionais, não eleva os níveis de glicose no organismo.

Essa substância é mais um repositor energético e é essencial para a ATP (Adenosina Trifosfato), que é o tipo de molécula responsável por distribuir a energia corretamente pelo organismo.

Sem a D-ribose, a ATP não consegue entregar os níveis de energia que o coração precisa para funcionar da maneira correta.

Pessoas que apresentam sintomas de insuficiência cardíaca, possivelmente precisarão suplementar o consumo de D-ribose.

Esse tipo de açúcar pode substituir até mesmo açúcares e adoçantes convencionais no consumo diário.

Importante

Este artigo possui caráter informativo, não servindo como orientação médica.

Toda e qualquer suplementação deve ser feita sob a orientação de um médico, não sendo recomendada a automedicação.

- PUBLICIDADE -

Veja Também

Redes Sociais

3,436,539FãsCurtir
159,642SeguidoresSeguir
569,157SeguidoresSeguir
522SeguidoresSeguir
3,861SeguidoresSeguir
564,000InscritosInscrever
- PUBLICIDADE -

Últimas Publicações

- PUBLICIDADE -