- PUBLICIDADE -

Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

4 dicas eficientes remover crostas de assadeiras

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Estas quatro dicas incríveis são simples de executar e vão deixar as suas assadeiras como novas.

Molho de tomate, pedaços de carne e gordura grudadas nas assadeiras?

Algo nada incomum, pois tais alimentos costumam mesmo aderir ao metal e fica muito complicado remover.

Você lava, lava e lava e parece que as assadeiras não ficam limpinhas de novo!

Mas, para ajudar nesta difícil tarefa, aprenda quatro dicas e truques surpreendentes que removerão toda a sujeira de suas assadeiras.

As peças ficarão limpas, brilhantes e como novas!

[SIGA O CANAL DO CURA PELA NATUREZA NO TELEGRAM]

Também confira, no final, dicas para manter as suas assadeiras sempre limpas e com brilho!

4 dicas para remover crostas das assadeiras

Maionese para limpar assadeiras

Isso mesmo!

Parece bem estranho, mas a maionese é uma “mão na roda” para remover crostas insistentes das peças.

E o procedimento é bem simples!

Você precisará de um pouco de vinagre.

Assim, pingue vinagre pelas crostas das assadeiras.

Em seguida, faça uma fina camada de maionese nos alimentos que grudaram.

Deixe agir por cerca de seis horas.

Em seguida, passe um papel toalha pelas crostas.

Você verá que elas se soltarão facilmente do metal.

Depois, passe uma esponja com sabão ou detergente e lave normalmente.

A ideia é que a maionese, por ser cremosa, amoleça bem as crostas.

Além disso, por conter gordura, ajuda a dissolver as camadas de alimentos endurecidos e grudados nas assadeiras.

Já o vinagre, evita que o metal fique extremamente engordurado.

Vodca

A famosa e tradicional bebida russa é excelente para dissolver as crostas impregnadas na assadeira.

Para fazer a limpeza, misture duas doses de vodca com uma dose de água e uma dose de vinagre.

Cubra toda a sujeira da peça com esta misturinha.

Deixe agir por cerca de duas horas.

Por fim, passe uma escova ou esponja nas crostas e lave normalmente.

Caso os resíduos não saiam da primeira vez, repita a receita.

A vodca tem o poder de dissolver as crostas formadas por alimentos, sem prejudicar o metal de suas assadeiras.

Amônia

A amônia é um produto bastante ácido, mas bem utilizado pode ser “tiro e queda” para você se livrar daquelas crostas tão difíceis de serem removidas das suas peças.

Primeiro, proteja as sua mãos para manusear a amônia, a fim de evitar queimaduras.

Depois, faça uma mistura de uma medida de amônia para três medidas de água.

Misture.

Coloque as assadeiras dentro de um saco plástico e adicione a mistura ensinada acima.

Aguarde cerca de uma hora.

Em seguida, com as mãos protegidas, retire as peças do saco e enxague.

Jogue os plásticos usados no lixo.

Água oxigenada com bicarbonato de sódio

Por fim, uma misturinha fácil de preparar, barata e já conhecida por algumas pessoas, mas também eficaz.

Misture duas medidas de água oxigenada de 20 volumes para uma medida de bicarbonato de sódio.

A quantidade vai depender do tamanho da assadeira e da situação dos resíduos impregnados.

Então, faça uma camada generosa por cima das crostas que se formaram nas peças.

Deixe agindo por, pelo menos, duas horas.

Depois desse tempo, passe uma escova na assadeira, com certa pressão, para desfazer as crostas.

Enxágue e confira o resultado.

Caso as assadeiras não fiquem totalmente livres dos resíduos, refaça o procedimento.

O bicarbonato de sódio e a água oxigenada promovem uma reação química que solta as crostas do metal, sem agredir as suas peças de cozinha.

Dicas para manter as assadeiras limpas e brilhantes

Além das dicas para remover as teimosas crostas de suas assadeiras, confira algumas instruções bastante úteis para manter as peças sempre limpas e brilhantes:

  • Forre as assadeiras com papel manteiga ou papel de seda – isso evita a formação de crostas de alimentos.
  • Mesmo que não use com frequência as peças, convém lavá-las de vez em quando, a fim de evitar o escurecimento e acúmulo de pó
  • Nunca guarde as suas assadeiras úmidas, pois isso acaba atraindo fungos e bactérias, que deixam o metal escurecido, além de enferrujado.
  • Guarde as assadeiras em locais fechados, para não sofrer danos com as variações ambientais nem acumularem poeira. Isso também pode enferrujar o metal
  • Para que as peças fiquem sempre brilhantes, vale ariar com sabão em pedra e um pouco de vinagre branco
  • Suco de limão é outra opção para remover manchas escurecidas das assadeiras. Misture água com suco de limão e deixe as peças de molho por cerca de três horas. Depois, lave bem.

Mais Lidas