- PUBLICIDADE -

Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

4 chás naturais para prevenir e tratar diabetes e a resistência à insulina

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

É possível tratar o diabetes naturalmente por meio de infusões com as folhas de plantas frutíferas.

Diabetes é uma doença crônica causada pelo excesso de glicose (açúcar) no sangue.

Ela é causada pela falta ou má absorção de insulina, hormônio produzido pelo pâncreas, e está dividida em diabetes tipo 1 e tipo 2.

Diabetes tipo 1

Caracteriza-se pelo excesso de açúcar na corrente sanguínea e o pâncreas produz pouca ou nenhuma insulina.

A insulina é o hormônio que ajuda a colocar a glicose dentro das células, que será convertida em energia.  

O diabetes tipo 1 ocorre mais na infância e adolescência e é insulinodependente, ou seja, requer a aplicação diária de injeções de insulina.

Diabetes tipo 2

Assim como o tipo 1, o diabetes tipo 2 é caracterizado pelo excesso de açúcar no sangue.

[SIGA O CANAL DO CURA PELA NATUREZA NO TELEGRAM

As células são resistentes à ação da insulina e a doença geralmente acomete pessoas acima de 40 anos, podendo não ser insulinodependente.

Sintomas de diabetes

O diabetes é uma doença de início assintomático e muitas pessoas desconhecem sua condição.

Quando presentes, os sintomas mais comuns são:

  • Sede excessiva e aumento do apetite
  • Urinar de forma excessiva, inclusive várias vezes à noite
  • Perda de peso mesmo se alimentando excessivamente
  • Cansaço sem razão aparente
  • Vista embaçada ou turvação visual
  • Infecções de pele frequente
  • Feridas que não cicatrizam ou demoram para cicatrizar
  • Dormência e/ou formigamento nos pés e nas mãos

Segundo a Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD), há no Brasil mais de 13 milhões de pessoas com diabetes e esse número tende a aumentar.

Por isso a importância do tratamento para controlar a glicose presente no sangue, evitando picos ou quedas ao longo do dia.

Veja a seguir três chás naturais que irão ajudar a controlar o diabetes e também um para resistência à insulina.

Chá da folha de mamão

As folhas do mamão contém antioxidantes, cálcio, ferro, magnésio, entre outros minerais essenciais para o organismo.

Para quem já é diabético, o chá de folha de mamão ajuda a controlar o diabetes tipo 2.

Já para quem ainda não diagnosticado com a doença, ela ajuda a diminuir os níveis de açúcar no sangue.

Segundo estudo da Universidad Juárez Autónoma de Tabasco (UJAT), no México, a folha de mamão exerceu efeito hipoglicêmico e antioxidante.

Além disso, melhorou o perfil lipídico em ratos diabéticos e auxiliou positivamente a função do fígado e pâncreas.

Ingredientes:

  • 1 colher (sopa) de folha de mamão picada
  • 1 xícara de água fervente

Modo de preparo e consumo:

Coloque a folha de mamão picada e limpa em uma xícara, adicione a água fervente e deixe em infusão por meia hora.

Coe e tome em seguida, uma vez ao dia por 30 dias consecutivos – ou dia sim e dia não.

Chá de folha de manga

A folha de manga contém taninos chamados antocianidinas, que auxiliam no tratamento de diabetes.

Além disso, possui taraxerol-3-beta e o extrato de acetato de tilo, dois compostos que estimulam a síntese de glicogênio. 

Essa substância é encontrada em abundância no fígado e músculos, transformando-se em glicose quando o organismo precisa.

De acordo com estudo da Universidade de Medicina Tradicional Chinesa de Tianjin, o chá de folha de manga ajuda no tratamento da hiperglicemia.

Ingredientes:

  • 1 colher (sopa) de folha de manga picada
  • 1 xícara de água fervente

Importante: escolha somente as folhas mais novinhas (do broto) e bem verdinhas.

Modo de preparo e consumo:

Coloque a folha limpa e picada em uma xícara, adicione água fervente e deixe em infusão por meia hora.

Em seguida coe e tome uma vez ao dia durante 30 dias seguidos – ou em dias alternados (dia sim e dia não).

Se quiser repetir o tratamento, após os primeiros 30 dias, dê uma pausa de dois meses e retome em seguida.

Sugestão: 

Caso queira, pode misturar as duas folhas (mamão e manga).

Uma colher (sopa) de cada folha picada em duas xícaras de água fervente, tome pela manhã e à tarde por 30 dias ou em dias alternados.

Chá da folha de amora

A folha de amora contém 1-desoxinojirimicina (DNJ), um composto químico que ajuda a reduzir os níveis de açúcar no sangue.

Segundo estudo da Universidade São Paulo (USP), o chá de folha de amora auxiliou na queda da taxa glicêmica em ratos diabéticos.

Ingredientes:

  • 1 colher (sopa) de folha de amora picada
  • 1 xícara de água fervente

Modo de preparo e consumo:

Coloque a folha de amora picada e limpa em uma xícara, adicione a água fervente e deixe em infusão por meia hora.

Coe e tome na sequência, uma vez ao dia por 30 dias consecutivos – ou alterne, dia sim e dia não.

Resistência à insulina

Quando nos alimentamos, parte do alimento é transformado em açúcar (glicose) no sangue, proporcionando energia para o organismo.

O pâncreas é o órgão que secreta a insulina e permite que todas as nossas células receba a glicose.

Porém, quando somo resistentes à insulina, as células não fazem esse processo e com isso, o pâncreas produz cada vez mais insulina.

Em resumo, a resistência à insulina é uma condição na qual o corpo consegue produzir insulina, porém não usa da forma adequada.

Por isso, a recita a seguir, o chá da folha da coroa do abacaxi, pode ajudar nesse tratamento.

Chá da folha da coroa do abacaxi

Por ser rica em fibras, a folha da coroa do abacaxi  ajuda a melhorar os níveis de açúcar no sangue, na insulina e nos lipídios.

Um estudo da Universidade Federal do Maranhão (UFMA) confirmou que a folha do abacaxi tem propriedade antidiabética. 

Ingredientes:

  • 3 folhas da coroa de abacaxi 
  • 1 xícara de água fervente

Modo de preparo:

Lave bem as folhas do abacaxi, pique-as, coloque em uma xícara e adicione água fervente.

Deixe em infusão por 30 minutos, coe e tome em seguida.

Faça o tratamento por 30 dias seguidos ou alternados – dia sim e dia não.

Este chá vai fazer você não ter resistência insulínica e ajudará a glicose ser absorvida pelas células.

Importante: 

Para todos os tratamentos nunca ultrapasse o parâmetro indicado (30 dias).

Ou seja, jamais tome os chás por meses seguidos, pois pode sobrecarregar  organismo. 

Além disso, é necessário manter uma alimentação saudável, balanceada e praticar exercícios físicos.

Também, no caso dos fumantes, é recomendado eliminar o consumo de cigarro, pois o fumo causa o estreitamento das veias e artérias.

Mais Lidas