quarta-feira, 25 maio 2022
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

3 remédios caseiros para curar frieira (pé de atleta)

Existem três ótimas soluções caseiras para eliminar a incômoda frieira, tipo de micose também conhecida como pé de atleta.

A micose conhecida como frieira, ou pé de atleta, é um mal bastante comum de acontecer a pessoas do mundo inteiro.

Essa condição é provocada por um dos fungos do gênero fúngico Trichophyton e, neste caso, atinge a pele dos pés, sobretudo entre os dedos ou embaixo deles.

Os fatores de risco para o aparecimento da frieira são umidade excessiva e calor nos pés.

Essas condições favorecem a disseminação do fungo pela pele dos pés, ocasionando vermelhidão, coceira e até feridas que cheiram mal.

Para tratar o pé-de-atleta o indicado é visitar um clínico geral ou um dermatologista que irá indicar a melhor forma de combate ao fungo causador da doença.

Contudo, a natureza dispõe de elementos que podem ajudar nos tratamentos clínicos e até serem eles mesmos a cura para esse tipo de micose.

Veja logo abaixo três tipos de substâncias que são remédios naturais contra a frieira e se informe.

Se você estiver acometido por uma frieira, use hoje mesmo um dos produtos naturais indicados.

Remédios naturais contra a frieira

Para acabar com a frieira é necessário eliminar o fungo que é o causador da doença.

Neste caso, o tratamento consiste na aplicação tópica de produtos com ação antisséptica, antifúngica e anti-inflamatória, por exemplo.

E como sabemos, existem vários tipos de plantas medicinais que possuem essas propriedades.

Conheça três delas a seguir e veja como podem agir no combate ao pé-de-atleta.

Alecrim

Dentre os principais componentes do alecrim está o timol, que é uma substância com alta capacidade de assepsia de locais lotados de fungos e bactérias.

Em contato com a área contaminada esse composto elimina o fungo, combatendo assim a inflamação causada por ele.

Formas de utilizar o alecrim contra a frieira:

  • Chá de alecrim: o famoso chá de alecrim pode ser usado no escalda-pés por uma pessoa acometida por frieira. Basta preparar uma boa quantidade da infusão, adicioná-la a um balde com água morna e depois mergulhar os pés pelo menos uma vez por dia, até que a frieira desapareça. Os resultados aparecem rapidamente;
  • Óleo essencial de alecrim: o óleo essencial de alecrim, que pode ser encontrado em farmácias e lojas especializadas, é um poderoso agente contra o pé de atleta. É justamente nesta substância onde está concentrado o timol. Para usá-lo basta misturar o óleo com algum outro óleo essencial e um pouco de água, e em seguida aplicá-lo à região onde está a frieira com o auxílio de um pedaço de algodão.

Capim-limão

É correto dizer que o capim-limão é um dos mais potentes antifúngicos naturais.

Essa afirmação tem como base a existência de mais de 80 substâncias com essa capacidade, dentre os componentes da planta.

Dentre esses compostos estão o citronelol e o limoneno, por exemplo.

Formas de utilizar o capim-limão contra a frieira:

  • Chá de capim-limão: assim como o chá de alecrim, o chá de capim limão pode ser misturado a um escalda pés para lavar os pés com frieira. Por outro lado, por ser bastante potente, essa infusão pode ser usada pura na lavagem dos pés doentes;
  • Óleo essencial de capim-limão: para usar o poderoso óleo essencial de capim-limão, que concentra todas as substâncias antifúngicas da planta, basta misturá-lo com um pouco de água e algum outro óleo vegetal, e usar um pedaço de algodão para aplicá-lo no local inflamado pelo fungo;

Hortelã-pimenta

Possuidor de um óleo essencial igualmente poderoso, a hortelã-pimenta também se apresenta como um ótimo combatente para as inflamações da frieira.

Assim como as outras plantas apresentadas aqui, esse produto natural também tem um chá forte o suficiente para acabar com os fungos causadores da micose nos pés.

Formas de utilizar o hortelã-pimenta contra a frieira:

  • Infusão: para utilizar o chá de hortelã-pimenta contra o pé de atleta, basta mergulhar os pés em um balde contendo a infusão misturada com água, ou aplicar o líquido diretamente sobre as feridas, lavando ou borrifando sobre a micose;
  • Óleo de hortelã-pimenta: sendo a parte da planta com mais substâncias antissépticas acumuladas, o óleo essencial de hortelã-pimenta pode ser aplicado diretamente sobre as feridas da frieira com um pedaço de algodão, desde que tenha sido misturado com algum outro óleo vegetal e água previamente. O resultado deve aparecer em alguns dias.

Cuidados e contraindicações

Como foi dito no início do artigo, micoses como a frieira precisam de acompanhamento médico sério para que desapareçam.

A utilização de remédios naturais nem sempre irá resolver o problema, sobretudo se existirem feridas muito profundas na pele em questão.

Portanto, o uso dos produtos naturais apresentados deve ser feito com as devidas ressalvas.

Sobretudo no caso dos óleos essenciais, que provocam alergia em algumas pessoas, o cuidado precisa ser redobrado.

Um bom exemplo disso é o fato de que essas substâncias não devem ser usadas puras e a pessoa jamais deve expor o local onde foi aplicado o óleo ao sol.

Ao sentir algum efeito adverso no uso das plantas medicinais supracitadas, o tratamento caseiro deve ser interrompido e um médico consultado.

- PUBLICIDADE -

Veja Também

Redes Sociais

3,436,539FãsCurtir
159,642SeguidoresSeguir
580,645SeguidoresSeguir
522SeguidoresSeguir
3,908SeguidoresSeguir
564,000InscritosInscrever
- PUBLICIDADE -

ÚLTIMAS PUBLICAÇÕES

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -