Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

10 sinais que indicam que a pessoa está tendo um derrame – e receitas naturais para prevenir o problema!

Acidente vascular cerebral (AVC), também chamado de derrame, é uma das principais causas de morte no mundo.

Ele se divide em dois tipos:

1. Acidente vascular isquêmico – falta de circulação numa área do cérebro  devido à obstrução de uma ou mais artérias por ateromas, trombose ou embolia.

Ocorre em pessoas mais velhas como consequência do diabetes, colesterol elevado, hipertensão arterial, problemas vasculares e fumantes.

2. Acidente vascular hemorrágico – sangramento cerebral provocado pelo rompimento de uma artéria ou vaso sanguíneo provocado pela pressão arterial elevada, problemas na coagulação do sangue, traumatismos.

Homens e mulheres de qualquer idade podem sofrer desse mal.

Ele, porém, é mais comum depois da velhice – entre 60 e 70 anos.

Conheça os sinais da doença, que, em alguns casos, podem aparecer até um mês antes do AVC ocorrer:

– Paralisia ou fraqueza de uma lado do corpo, atingindo os braços, o rosto e as pernas

– Forte dor na cabeça

– Dormência em apenas um lado do corpo

– A perda da visão em apenas um olho

– Dificuldade em falar

– Dificuldade de entender o que os outros falam

– Problemas respiratórios

– Dor

– Inchaço nos pés/pernas

– Soluços frequentes (acompanhados de alguns desses sintomas)

Veja o que pode provocar o derrame:

– Hipertensão

– Diabetes

– Colesterol alto

– Fumo

– Consumo excessivo de álcool

– Obesidade

– Problemas cardíacos

– Consumo de drogas ilícitas

– Condições genéticas

– Alterações vasculares

Prevenir ou, pelo menos, reduzir os ricos de derrame cerebral é possível, mediante algumas atitudes, como:

– Ter uma boa alimentação

– Evitar excesso de sal

– Não fumar

– Não beber (ou beber muito pouco)

– Praticar exercícios físicos

– Evitar o consumo de gorduras de má qualidade (como a de carnes embutidas)

– Ter a pressão arterial controlada

– Perder peso, caso tenha em excesso

– Evitar o excesso de açúcar

– Diminuir o estresse

– Controlar os níveis de colesterol

– Aumentar a atividade cognitiva, como leitura, xadrez, exercícios manuais e aprender coisas novas

RECEITAS CASEIRAS PARA PREVENIR DERRAME

Receita 1

Esta receita é bem simples.

E ela se resume a dois ingredientes: água morna e limão.

Consumir água morna com limão  fornece uma boa quantidade de Orac.

Não sabe o que é Orac?

De forma resumida, o índice Orac (acrônimo para "'Oxygen Radical Absorbance Capacity', ou capacidade de absorção dos radicais oxigenados) é um método de quantificação das capacidades antioxidantes.

Não entendeu?

Vamos descomplicar: Orac é uma medida que criaram para medir a capacidade de antioxidantes dos alimentos.

Quanto mais Orac houver num alimento, maior será sua oferta de antioxidantes.

E esta bebida com água morna e suco de limão é riquíssima em Orac.

Como consequência, ela é um potente protetor contra o envelhecimento precoce e contra doenças como AVC e câncer.

E como se faz e se toma esta bebida?

É tudo muito simples.

você só precisa espremer um limão e adicionar a um copo de água morna.

Se quiser, e se não for diabético, adoce com uma colher (sopa) de mel.

O ideal é tomar esta receita todos os dias para que ela torne seu corpo mais resistente a doenças, inclusive ao derrame.

O melhor horário é de manhã logo cedo, em jejum.

Receita 2

Esta segunda receita serve como complemento da primeira.

Ela deve ser feita por apenas sete dias e uma única vez por ano (mas todos os anos).

INGREDIENTES

200 ml de limão – qualquer uma variedade, menos o limão taiti.

1 colher (chá) de sal amargo (o mesmo que sal de Epsom) – encontra-se em boas farmácias.

MODO DE PREPARO

Misture os ingredientes e tome antes de dormir.

Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

DEIXE SEU COMENTÁRIO

VEJA TAMBÉM