Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

10 sinais de que seu intestino está sobrecarregado de toxinas que fazem você se sentir inchado, ansioso e deprimido!

O nosso corpo sempre emite sinais quando alguma coisa está errada.

E é  nosso dever ter sensibilidade para detectar os sintomas e procurar ajuda o quanto antes – assim podemos tratar e evitar problemas mais graves.

Com o intestino não é diferente.

Listamos alguns sintomas que ocorrem quando o nosso intestino está intoxicado e necessitando de uma desintoxicação.

A desintoxicação é importante para a nossa saúde geral, além de favorecer o microbioma do intestino e o equilíbrio de microrganismos no trato intestinal.

Por outro lado, se ignorarmos isso, podemos sofrer com distúrbios de humor, peso, problemas na pele e doenças autoimunes.

Nos intoxicamos principalmente por causa da má alimentação.

As comidas fast-food, por exemplo, são campeãs.

No entanto, também devemos considerar o uso excessivo de antibióticos e laxantes.

Tudo isso desequilibra o microbioma intestinal.

Veja a lista de sintomas associados a um quadro de intoxicação intestinal:

– Problemas digestivos, como síndrome do intestino irritável, inchaço, dor abdominal, indigestão, mau hálito, prisão de ventre ou diarreia

– Alergias

– Infecções recorrentes de leveduras (cândida)

– Desejo intenso por açúcar

– Aumento de peso

– Acne, eczema, urticária e psoríase

– Dor nas articulações

– Depressão

– Mau humor (irritabilidade)

– Confusão mental

Para corrigir essa condição, recomendamos o consumo de:

1. Probióticos

São bactérias saudáveis que ajudam a equilibrar a flora intestinal.

Eles vêm em forma de suplementos, tanto em cápsulas como em pó.

Outra opção é investir em alimentos fermentados, como iogurte, chucrute, kefir e kombucha.

2. Prebióticos

São muito úteis para o trato gastrointestinal, pois contém fibra, inulina e arabinogalactana.

Basta consumir alimentos como alho, alcachofra, feijão, cebola, brócolis, cenoura, alho-poró e quiabo.

3. Suplementos antifúngicos e antiparasitários

Ervas e suplementos também são necessários para a erradicação de organismos patogênicos, como cândida, bactérias ou parasitas.

Você pode incluir em sua dieta alho, orégano, o extrato de semente de toranja, ácido caprílico, extrato de folha de oliveira ou pau-d’arco.

É muito importante também evitar o consumo de açúcar ou carboidratos refinados.

Isso porque destroem a flora intestinal e causam problemas sérios em nosso organismo, como o enfraquecimento da imunidade.

Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

DEIXE SEU COMENTÁRIO