Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

10 remédios caseiros para tratar a impotência

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Preparamos uma lista com dez remédios caseiros para tratar a impotência.

Preparamos uma lista com dez remédios muito simples para você tratar a impotência.

Quando um homem não consegue, continuamente, obter ou manter uma ereção que seja satisfatória para a relação sexual, ele pode sofrer de disfunção erétil, também conhecida como impotência.

E ao contrário do que muitas pessoas imaginam, esse é um problema de saúde bastante comum.

De acordo com o Massachusetts Ageing Study, estima-se que metade de todos os homens sofra de disfunção erétil em algum momento.

No Brasil, segundo pesquisas da Sociedade Brasileira de Urologia, cerca de metade dos homens com mais de 40 anos apresenta queixas relacionadas à ereção.

As causas para a disfunção erétil podem ser muitas e são normalmente classificas em duas categorias: física e emocional (psicológica).

Para a BBC Health, cerca de 70% dos casos de impotência têm causas médicas e cerca de 30% têm causas psicológicas.

As causas físicas incluem estreitamento dos vasos sanguíneos resultantes da pressão alta (hipertensão), colesterol alto, diabetes, alterações hormonais, cirurgia ou lesão, problemas de tireoide, problemas renais, tabagismo, excesso de bebidas alcoólicas, obesidade, deficiências nutricionais, certos medicamentos de prescrição e tratamentos para câncer de próstata ou próstata aumentada.

Já a ansiedade, depressão, estresse e outros problemas de saúde mental e de relacionamento fazem parte da lista das possíveis causas emocionais para a disfunção erétil.

É importante lembrar que a disfunção erétil pode ser o primeiro sintoma de uma problema maior como as doenças cardiovasculares.

Homens com esse problema têm risco mais alto de infarto e AVC (acidente vascular cerebral), segundo pesquisas.

Por isso, aos primeiros sinais de DE, é importante procurar um urologista para ter certeza do diagnóstico.

Mas, até lá, você pode recorrer a esses remédios caseiros, e muito eficazes, que vão ajudar a tratar de maneira natural a impotência.

Veja a lista:

Alho

O alho contém alicina, que ajuda a melhorar o fluxo sanguíneo.

Em um pequeno estudo, o doutor Graham Jackson, cardiologista consultor do NHS Trust de Guys and St Thomas, descobriu que comer quatro dentes de alho diariamente por três meses ajudou a melhorar a ereção em seis dos sete voluntários que sofrem de disfunção erétil.

Amêndoas

Mergulhe um punhado de amêndoas na água e deixe por algumas horas.

Coma essas amêndoas diariamente, 30 minutos antes de ir para a cama.

Faça isso por 30 dias.

Cebola

A cebola tem propriedades afrodisíacas e pode ajudar a combater a disfunção erétil.

E mais, ela ajudam a tratar a perda involuntária de sêmen durante o sono.

Consuma de uma a duas cebolas grandes diariamente.

Cenoura

A cenoura também possui propriedades afrodisíacas, além de alto teor de betacaroteno.

Veja como usá-la para combater a impotência: misture, em um liquidificador com um pouco de água, três cenouras de tamanho médio, três talos de aipo, metade de uma beterraba de tamanho médio e um a dois dentes de alho.

Beba um copo deste suco uma ou duas vezes ao dia.

Você também pode incluir cenouras cruas diariamente na sua salada, se preferir.

Suco de romã

O consumo diário de suco de romã, rica em antioxidantes, pode proteger os homens contra a disfunção erétil.

A romã ajuda na circulação sanguínea e também reduz o estresse, o que é péssimo para quem sofre de DE.

A fruta ainda ajuda a aumentar o nível de óxido nítrico no corpo, aumentando a circulação sanguínea.

Exercícios do assoalho pélvico

Homens que sofrem com a disfunção erétil devem fazer exercícios do assoalho pélvico.

Isso ajuda a restaurar com êxito a função erétil.

De acordo com um estudo da BJU International, realizado em 2005, os exercícios feitos de maneira correta ajudam a fortalecer os músculos localizados na base do músculo peniano.

Para obter os resultados desejados, faça esses exercícios diariamente por pelo menos três meses.

Ginseng vermelho coreano

O ginseng vermelho coreano, também conhecido como ginseng asiático, é muito eficaz no tratamento da disfunção erétil.

Em um estudo publicado no Journal of Urology, 45 homens que sofrem de disfunção erétil receberam ginseng vermelho coreano ou um placebo.

Aqueles que receberam 900 miligramas de suplemento de ginseng vermelho coreano três vezes ao dia, durante oito semanas, notaram melhora em seus sintomas.

A dosagem recomendada é entre 600 e 1.000 mg, três vezes ao dia.


L-arginina

L-arginina é um aminoácido que aumenta os níveis de óxido nítrico no organismo.

O óxido nítrico melhora a circulação sanguínea e facilita as ereções dilatando os vasos sanguíneos no pênis.

De acordo com um estudo de 1999 publicado no British Journal of Urology International, homens com disfunção erétil que tomaram cinco gramas de L-arginina diariamente notaram grandes melhorias em sua condição.

Coma alimentos ricos em proteínas, como carne, frango, peixe, ervilhas e nozes e sementes que contêm L-arginina em grandes quantidades.

Gengibre

O gengibre possui propriedades afrodisíacas que ajudam a aliviar a impotência e a ejaculação precoce.

Além disso, os compostos ativos no gengibre – como o gingerol, o shogaol e o zingibereno – estimulam a circulação sanguínea.

Como usar o gengibre para tratar a impotência: misture meia colher (chá) de suco de gengibre com um ovo quente e uma colher (sopa) de mel.

Coma essa mistura uma vez ao dia antes de dormir por um mês.

Outra opção é preparar uma mistura de duas colheres (chá) de de gengibre ralado e uma colher (sopa) de mel e tomar três vezes ao dia por um a dois meses.

Você também pode beber de duas a três xícaras do chá de gengibre todos os dias.

Acupuntura

Um estudo piloto de 2003 publicado no International Journal of Impotence Research considerou a acupuntura muito eficaz no tratamento da disfunção erétil.

Atenção:

Para ajudar a combater a disfunção erétil, pratique exercício físico pelo menos quatro vezes por semana.

Pare de fumar, pois pode piorar sua condição. Evite beber em excesso, já que o álcool pode ter um enorme impacto nas ereções.

Reduza seu nível de estresse e inclua em sua dieta alimentos ricos em zinco e ácidos graxos ômega 3.

DEIXE SEU COMENTÁRIO