Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

10 maneiras de baixar os níveis de creatinina naturalmente

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Saiba como baixar os níveis de creatinina naturalmente.

Você sabe o que é creatinina

A creatinina é um resíduo produzido pela quebra de uma proteína chamada creatina fosfato, responsável por produzir energia nos músculos.

Em níveis elevados, a creatinina pode ser sinal de insuficiência renal, infecção nos rins, desidratação e problemas durante a gravidez.

Os níveis comuns de creatinina em homens adultos são de 0,6 a 1,2 miligrama por decilitro e em mulheres adultas são de 0,5 a 1,1 miligrama por decilitro. 

Portanto, quando os níveis de creatinina atingem 5,0 em adultos, seus rins podem estar gravemente comprometidos.

E atenção: se você sentir cansaço, inchaço, desidratação, pele seca, náusea e até confusão, fique alerta. 

Esses podem ser sinais de que seu nível de creatinina está alto. 

Para evitar problemas decorrentes dos altos níveis de creatinina no sangue, veja a seleção que fizemos para você, com as dez dicas para baixar os níveis de creatinina naturalmente: ervas, dieta e estilo de vida fazem parte da lista.

Ervas

Vamos falar primeiro das ervas. 

Canela

A canela é muito benéfica para os rins.

Ela aumenta a filtração dos rins e o volume de urina eliminada. 

Além disso, pode ajudar a controlar o açúcar no sangue, evitando maiores danos à função renal. 

Você pode adicionar canela ao seu bolo, ao café, ao chocolate, ao chá e ao leite. 

Mas é importante ficar de olho na quantidade: não ultrapasse a medida de uma colher de chá de canela por dia. 

Veja também como fazer uma bebida com canela e mel para tratamento de infecção urinária.

Camomila

O chá de camomila é consumido há centenas de anos e possui inúmeros benefícios à saúde. 

Há estudos que dizem que beber chá de camomila todos os dias pode ajudar a reduzir os níveis de creatinina e de colesterol LDL. 

Portanto, comece a beber este chá todos os dias, 30 minutos antes de se deitar.

Isso protegerá a saúde dos seus rins e controlará os seus níveis de creatinina.

Veja 13 benefícios do chá de camomila para a pele, cabelo e saúde geral.

Astragalus (astrágalo)

Usar esta tradicional erva da medicina chinesa ajudará a impedir o desenvolvimento de doenças relacionadas aos rins. 

Isso porque o astragalus, ou astrágalo, contém compostos diuréticos que podem ajudar a aumentar a quantidade de urina eliminada e reduzir os níveis de creatinina em seu corpo. 

Também ajuda a remover toxinas do corpo e estimula o metabolismo. 

Consuma de duas a três xícaras de chá de Astragalus por dia, após a refeição.

Ruibarbo

Outra erva muito usada para baixar os níveis de creatina no sangue é o ruibarbo.

Ele é um diurético leve que estimula a desintoxicação, aumenta o metabolismo e a excreção de resíduos.

Para consumir o ruibardo, ferva um talo de ruibarbo com um copo de água e coe o chá. 

Beba este chá diariamente durante dez dias.

Mas, se você tiver problemas com pedras nos rins, não use este remédio. 

Dieta

Além das ervas, a dieta também é capaz de diminuir os níveis de creatinina no sangue naturalmente.

Reduza a quantidade de proteína consumida

Consumir muita proteína pode aumentar os níveis de creatinina no organismo.

É que o calor do cozimento da carne vermelha, por exemplo, pode promover o processo de transformação da creatina em creatinina. 

Aumente a quantidade de fibras

As fibras são excelentes aliadas na redução dos níveis de creatinina no sangue. 

Coma frutas, grãos inteiros, vegetais e legumes. 

Feijão, sopa de lentilha ou ensopado de vegetais também são boas opções.

Consuma menos sal

Quando as funções dos rins reduzem e causam altos níveis de creatinina, comer muito sal pode ser fatal.

O sal é rico em sódio, o que pode agravar o quadro ao aumentar a pressão arterial. 

Evite alimentos enlatados ou processados, fast food, bebidas salgadas e condimentos.

Mudanças no seu estilo de vida também são fundamentais para ajudar a baixar os níveis de creatinina no sangue. 

Evite atividades intensas

Quando você faz atividades físicas extenuantes, a comida se transforma em energia mais rápido do que o normal.

Isso significa que mais creatinina é produzida em seu corpo. 

A dica é fazer atividades físicas de baixa intensidade, como caminhada ou ioga.

Beba bastante água

Sabemos que ingerir a quantidade adequada de água (2 litros por dia) é importante para todo o funcionamento do organismo.

E para baixar os níveis de creatinina não é diferente. 

A desidratação pode aumentar significativamente o nível de creatinina no seu sangue. 

 Veja também que não beber água suficiente causa estas 8 doenças.

Tome chá de “cabelo” de milho

O “cabelo” do milho pode ajudar a aumentar a quantidade de produção de urina e promover o processo de remoção da creatinina no sangue. 

E mais: beber chá de “cabelo” de milho todos os dias ajudará a reduzir o edema e diminuir a pressão alta.

Mas cuidado: se você já teve doença hepática ou renal no passado, este remédio não é adequado, pois diminuirá o nível de açúcar no sangue.

Como fazer:

  • Prepare 2 colheres (chá) de cabelo de milho seco e coloque em uma xícara
  • Despeje água fervente no copo
  • Cubra o copo e espere 10 a 15 minutos
  • Coe o chá e beba.