Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on telegram

10 dicas que vão elevar sua autoestima em 30 dias

Se sua autoestima está baixa, siga estas dicas por 30 dias e você verá a mudança que elas farão na sua vida.

A humanidade parece que vem sofrendo cada vez mais com o ego.

Quando as pessoas não estão caindo no excesso de vaidade, elas se perdem na sensação de inferioridade.

Este assunto tem sido muito frequente nos consultórios de psicologia.

Nesta matéria, falaremos especificamente da baixa autoestima.

Trata-se de uma percepção negativa sobre si mesmo.

Os sintomas mais comuns são:

  • Ansiedade
  • Depressão
  • Problemas comportamentais
  • Vícios
  • Melancolia
  • Insegurança
  • Medo excessivo de rejeição
  • Negatividade
  • Dificuldade de socializar
  • Necessidade constante de aprovação
  • Medo de dizer o que sente e o que pensa
  • Sempre achar que poderia fazer melhor
  • Sensação de infelicidade
  • Desmotivação
  • Dificuldade de tomar decisões, o que acontece por medo de fazer a escolha errada
  • Nervosismo
  • Falta de iniciativa
  • Sensação constante de que está sendo avaliado
  • Sensação de culpa
  • Sensação de que é pouco atraente
  • Inveja

Pense bem: se você tem algumas dessas características e percebe que elas são frequentes no seu dia a dia, então é hora de buscar ajuda.

A solução da baixa autoestima não está na autoestima elevada.

Afinal, este é outro problema tão grave quanto.

O ideal é que sejamos pessoas seguras sem qualquer necessidade de se sentir melhor ou pior do que os outros.

Quem fala muito bem sobre isso é Timothy Keller, no livro “Ego Transformado”.

(Vale muito a pena ler!)

A boa notícia é que podemos tratar os pensamentos negativos com disciplina e constância.

Confira nossas dicas:

1. Pare de se torturar

Temos que ser realistas com nossas virtudes e nossos defeitos.

O problema é que muita gente se cobra demais, supervalorizando as falhas e ignorando os acertos.

Entenda: aonde chegaremos com esse tipo de comportamento?

No mínimo, entraremos em depressão com muita tortura psicológica.

2. Comece a pensar positivo

Que tal trocar o “não consigo” por “eu vou tentar”, ou até mesmo por “eu vou conseguir?

Parece clichê, mas isso pode ajudar a sair da dinâmica pessimista que toma conta da vida algumas vezes.

3. Defina metas realistas

Faça uma lista de objetivos que devem ser alcançados.

Seja realista.

Não adianta colocar metas que exigem muito.

Aos poucos, à medida que você for cumprindo cada tarefa, poderá aumentar o nível de dificuldade da sua listinha.

A sensação de dever cumprido é muito boa.

Mas atenção! Se falhar em algum momento, não desista.

Observe onde errou e tente outra vez.

É importante desafiar a si mesmo.

4. Não se compare

Cada pessoa tem seu ritmo.

Concentre-se em dar o seu melhor e isso é o bastante.

Nada de comodismo, cobrança excessiva ou inveja.

Se você ficar se comparando com os outros, o máximo que vai conseguir é viver de idealizações.

Descubra como você pode contribuir para um mundo melhor e siga sempre olhando para a frente.

5. Perdoe a si mesmo

Escreva uma carta contando tudo o que você gostaria de mudar em si mesmo.

Escrever é bom para aliviar o estresse e organizar as ideias.

Não deixe de relatar nada.

Feito isso, leia o que escreveu e rasgue o papel o máximo que puder.

Pronto!

Agora é hora de começar do zero.

Perdoe o que fez de errado e siga por um novo caminho.

6. Faça críticas construtiva para si mesmo

Crescemos com as críticas construtivas.

E elas vêm não para estagnar ou colocar peso de culpa, mas para ajustar o que está errado em nossa vida.

7. Trate-se com amor e respeito

Não podemos amar os outros quando não nos amamos.

Comece a olhar para si mesmo com respeito.

Cuide da sua higiene pessoal, dos pensamentos que ocupam sua mente, do seu intelecto, da sua alimentação…

Tudo isso dará um novo norte para sua vida.

8. Dê tempo a si mesmo

Faça atividades que dão prazer a você.

Isso vai permitir que você tenha um encontro consigo mesmo.

Além do mais, ajuda a promover novas habilidades.

Mas não tenha pressa – tudo tem o seu tempo.

9. Elimine os lixos da sua vida

Você definitivamente não precisa caminhar ao lado de pessoas tóxicas, permanecer num trabalho que explora ou manter hábitos que fazem mal.

Não empurre os problemas com a barriga.

Depois que se livrar de alguns “lixos emocionais”, você verá como a vida fica mais leve.

10. Pense em coisas boas antes de dormir

Procure fazer uma faxina mental, terminando o dia com pensamentos que trazem esperança.

Isso promove boas noites de sono e uma sensação de bem-estar incomparável.

Faça tudo isso por 30 dias.

Assim, dentro de um mês, seus pensamentos estarão muito mais puros e, consequentemente, você se sentirá mais feliz.

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email

DEIXE SEU COMENTÁRIO