Dieta Budwig contra o câncer e outras doenças | Cura pela Natureza.com.br

Dieta Budwig contra o câncer e outras doenças

-->
A dieta Budwig (Budwig diet), proposta pela médica alemã Johanna Budwig em 1951, auxilia no tratamento de hipertensão arterial, câncer, artrite, artrose, esclerose múltipla e outras patologias.

Dra. Budwig constatou que o sangue de doentes com câncer tem deficiência de alguns ingredientes essenciais, como fosfatídios e lipoproteínas, enquanto o sangue de uma pessoa saudável sempre contém quantidades suficientes desses ingredientes essenciais.

Ela também observou que, quando os doentes receberam esses ingredientes naturais durante cerca de três meses, os tumores gradualmente se reduziram, a fraqueza e a anemia desapareceram, a vida e a energia foram restabelecidas. Enfim, os sintomas do câncer, diabete e disfunção hepática foram atenuados.

Dra. Budwig então descobriu que, com a simples ingestão de uma combinação de dois ingredientes naturais, não só o câncer pode ser prevenido, mas também outras doenças.

Esses alimentos são o ÓLEO DE LINHAÇA e o QUEIJO COTTAGE, que, para serem eficazes, devem ser ingeridos juntos, uma vez que um ajuda o outro a liberar suas propriedades.

A fórmula da Dra. Budwig se mostra eficaz até em casos de câncer na fase terminal e tem sido usada na Europa para a prevenção de câncer, arteriosclerose, acidente vascular cerebral, enfarte cardíaco, úlceras estomacais (normaliza sucos gástricos), próstata, eczema e doenças auto-imunes.

Segundo a médica, a dieta é tanto preventiva como curativa.

A teoria é a seguinte: o uso de oxigênio no organismo pode ser estimulado por compostos de proteínas de teor sulfúrico, que tornam o óleo solúvel em água e estão presentes em queijo (sobretudo no cottage), nozes, cebola e alho.

Deve-se usar apenas óleo não refinado, prensado a frio e com alto teor de ácido linoleico, como linhaça, girassol e nozes. Esses óleos devem ser consumidos juntamente com alimentos que contêm proteínas, pois, como visto, isoladamente não têm o mesmo efeito.

A melhor combinação é queijo cottage e óleo de linhaça.

Frutas como figo, pêra, maçã e uva também podem ser incluídas na dieta, bem como o mel (mas sem abusar deste).

É importante também tomar muita vitamina A e E naturais, pois as sintéticas atacam o fígado, bem como vitamina B.



OBSERVAÇÕES IMPORTANTES

  • Elimine o máximo possível do açúcar branco.
  • Esfregue o óleo de linhaça na parte do corpo afetada com a neoplasia ao deitar.
  • Lembre-se: mel também é açúcar.
  • Não tome café, pois ele interfere no metabolismo do óleo de linhaça. Se não conseguir ficar sem ele, faça um “café” usando cereais torrados.
  • Não use aspartame, ciclamato, sacarina nem alimentos que contenham glutamato monossódico.
  • Não use congelados e comidas pré-prepreparadas.
  • Não use óleos processados.
  • Nunca frite os alimentos.
  • Segundo a Dra. Budwig, a dieta é muito eficaz e grande parte dos pacientes se beneficiam, exceto os que não a seguem corretamente. Portanto, siga a dieta exatamente como prescrita. Não faça modificações por conta própria.
  • Tome vitaminas e sais minerais, sobretudo vitamina C, E, selênio e betacaroteno.
  • Use o óleo de linhaça mais freqüentemente nas refeições e nos lanches.
  • Use verduras sem agrotóxicos.
  • Varie o óleo prensado a frio para temperar as saladas: girassol, nozes, semente de abóbora...
COMO FAZER A MISTURA


Mistura básica

De meia a uma xícara de chá de queijo cottage pobre em gordura e orgânico

Uma colher de sopa de óleo de linhaça (virgem, puro, prensado a frio, não processado)

Liquidifique os dois ingredientes, acrescentando um pouco de água para poder processar. Tome diariamente.


DIETA RECOMENDADA

Vegetais frescos: 4 a 6 xícaras

Temperar a salada com óleo de linhaça e 1 a 2 colheres de semente de linhaça moída na hora

Incluir brócolis, couve e cogumelos maitake

Frutas frescas: 3 a 4 de tamanho médio ao dia

Peixe fresco (de preferência de água fria): 120 a 250 gramas

Carne fresca: sem hormônios, sem antibióticos e pobre em gordura: 100 gramas duas a três vezes por semana

Pão integral e cereais integrais: de 3 a 4 copos ou porções


Líquidos

Água mineral sem gás, se possível purificada por osmose reversa e ozonização – 8 copos ao dia

Suco de frutas frescas (os sucos cítricos devem ser tomados longe do óleo de linhaça com queijo cottage)

Desjejum
Suco de frutas

Cereal: semente de linhaça, grãos integrais, salada de frutas, a mistura de óleo de linhaça com queijo cottage, 1/3 a ½ xícara de leite pobre em gordura e mel, tudo no liquidificador.

Ovos: misture 2 ovos com 1 colher de chá de óleo de linhaça e 1 colher de sopa de queijo cottage. Adicione tomate picado, cebola, pimentão, ervas e especiarias e lentamente cozinhe ou asse.

Almoço ou jantar

Salada: qualquer mistura de vegetais e folhas verdes ou frutas.

Molho da salada: misture queijo cottage com óleo de linhaça e acrescente um dos ingredientes abaixo:
  • mostarda (1 colher de sopa de mel e ½ colher de mostarda dijon);
  • creme italiano: vinagre e ervas italianas (acrescente combinações de mostarda, alho, cebola em pó e anchova amassada);
  • picadinho de espinafre, abóbora, salsinha e limão
  • picadinho de chili, pimentão vermelho, tomate, cebola, ervas e especiarias;
  • mel, nozes esmagadas, sementes de linhaça ou gergelim moídas e uma pitada de canela, limão ou mostarda, se desejar.
Sopas

1. Dilua a mistura básica com leite de baixo teor de gordura e acrescente tomate, alho, cebola, abóbora e pimentão.

2. Prepare sua sopa preferida da maneira usual e acrescente o mix Budwig.

3. Faça uma sopa de tomate e cebola do modo usual e acrescente o mix Budwig.
Use vegetais levemente cozidos e depois cobertos com óleo de linhaça e especiarias.

Mel e óleo ficam ótimos com milho e batata-doce.

Batata assada é ótima com o mix Budwig ou somente com óleo ou cebola.

Sobremesa

A mistura básica mais uma xícara de pêssegos, cerejas, nozes, castanha-do-pará, noz-pecã, amêndoa, canela e mel.