Cura Pela Natureza, saúde e tratamentos naturais

Sutiã causa câncer. Mito ou verdade?


Se você nunca ouviu falar da hipótese de que sutiã pode causar câncer, certamente pensará que isso é uma novidade.

Mas não é.

Há 20 anos se especula sobre esse fato.

Tudo na verdade começou em 1995 com o livro Dressed to Kill (Vestida para Matar), em que Sydney Ross Singer e Soma Grismaijer, uma casal de médicos, afirmavam que as mulheres que usavam apertados sutiãs o dia todo, todos os dias, tinham um risco muito mais elevado de desenvolver câncer de mama do que aquelas que não usavam.

Para os autores, o sutiã  pode restringir finos vasos linfáticos, comprimindo-os, o que pode levar a uma acumulação de líquido tóxico, que deveria ser drenado por meio desse sistema.

Quando esses vasos são fechados, há menos oxigênio e nutrientes entregues às células e os resíduos tóxicos ficam acumulados.

O casal de médicos realizou, em maio de 1991, uma pesquisa em que foram entrevistadas 4.000 mulheres em cinco grandes cidades dos EUA.

Todas as mulheres que foram estudadas eram de ascendência caucasiana, de renda média e a idade variava entre 30 e 79. 

A maioria das mulheres que foram entrevistadas disseram que estavam descontentes com a forma e o tamanho dos seios e usavam sutiã apenas para melhorar a aparência deles. 

O estudo mostrou que 3 de 4 dessas mulheres que usavam sutiã para dormir contraíram câncer de mama e que 1 em cada 7 das mulheres que usavam sutiã por mais de 12 horas por dia também contraíram.

A pesquisa também revelou que apenas 1 em cada 168 mulheres que não usavam sutiã contraiu câncer de mama.

Os médicos autores também fizeram a seguinte reflexão: homem também pode ter câncer de mama.



Mas são raríssimos os casos de câncer de mama entre os homens.

E eles não usam sutiã...

Muitos médicos e cientistas criticaram  Sydney Ross Singer e Soma Grismaijer e mostraram argumentos que podem levar qualquer um de nós a não acreditar na tese de que sutiã causa câncer de mama.

E até hoje a American Cancer Society diz não haver absolutamente nenhuma evidência que leve à correlação sutiã e câncer de mama.

O raciocínio dela é que não há estudos conclusivos para mostrar a existência dessa ligação. 

Mas, olhando para o passado, até a década de 1930 não havia "ligação" para provar que o cigarro causava câncer de pulmão, apesar  de já existirem especulações.

E até 1950 muitos médicos ainda promoviam o consumo de cigarro.

Somente em 1964, a American Cancer Society finalmente mencionou que havia uma associação direta entre tabagismo e câncer de pulmão. 

Se eles tivessem aceitado essa associação antes, muitas vidas teriam sido poupadas, não é mesmo?

Fique, portanto, você que é mulher, atenta à conexão sutiã-câncer de mama.

Se é mito, se é verdade, ainda não sabemos.

Mas onde há fumaça - como mostraram haver os autores do livro Dressed to Kill - há fogo. 
Leia Mais ►

3 ótimas receitas naturais para eliminar moscas

As moscas comuns que aparecem na nossa casa são apenas uma das várias espécies desse inseto existentes no mundo.

Para ser mais preciso, existe mais de 1,2 milhão de tipos de mosca no planeta. 

Devenos ter muito cuidado com as moscas, porque eles são grandes transmissores de doenças.

Você sabia que uma única mosca pode transportar cerca de 1 milhão de bactérias em seu minúsculo corpo?

Isso mesmo, 1 milhão de bactérias!

Elas absorvem essas bactérias de todos os lugares contaminados aonde vão e pousam, como matéria fecal, locais de eliminação de lixo, alimentos podres, etc.

Não é preciso que uma mosca toque ou pique seu corpo para transmitir essas bactérias.

Basta um leve contato delas com alimentos que se encontram expostos na sua cozinha ou mesa de jantar para que deixe  bactérias e outras ameaças na comida.

Quando você come esses alimentos, seu corpo recebe todas as bactérias e sujeiras levadas pela "inocente mosquinha" e a consequência ​​podem ser doenças como disenteria, febre tifoide, diarreia e cólera.

A melhor maneira de se proteger contra doenças transmitidas por moscas é manter a casa limpa e os alimentos cobertos.

Sujeira orgânica como fezes, alimentos em decomposição (frutas, carne, etc.) e doces são o que mais atraem moscas para nossa casa.

Portanto, mantenha a sua casa limpa.

Também armazene os alimentos de forma adequada, não deixando-os expostos, destampados.

Além desses cuidados, existem boas receitas caseiras e naturais para ajudar a nos livrar das moscas.

Você vai aprender algumas dessas receitas agora:

1. VINAGRE DE MAÇÃ




O vinagre de maçã é bom para eliminar moscas porque elas são atraídas pelo cheiro de qualquer coisa que fermenta.

As moscas não resistem ao cheiro dele, especialmente quando você o aquece um pouco. 

A receita é esta:

- Meia xícara de vinagre de maçã

- 1 pote de vidro de boca larga sem tampa

- 1 funil ou papal para improvisar um

Aqueça o vinagre de maçã. 

Coloque dentro do vidro o vinagre de maçã aquecido.

Ponha o funil na boca do vidro com o lado estreito dentro do recipiente.

Depois, ponha o frasco onde as moscas são vistas com maior frequência.

As moscas são atraídas pelo cheiro de vinagre e entram no vidro através do funil.

Uma vez dentro, elas ficam presas, pois não conseguem entender que podem sair pelo mesmo buraco por onde entraram.

2. CRAVO E LIMÃO



Cravo-da-índia tem um perfume aromático para nós, mas não para as moscas.

Elas não suportam o cheiro dessa especiaria, que é amplamente utilizada para fins culinários.

Nesta receita para eliminação de moscas, cravos são usados ​​com limão, outro alimento de cujo cheiro as moscas não gostam.

A receita é esta:

- 4 limões

- 40 a 80 cravos

Corte os limões pela metade.

Espete os cravos em cada metade dos limões (como na foto).

E espalhe esse pedaços de limão com cravos espetados nas partes da casa onde há maior incidência de moscas.

3. LEITE E PIMENTA



Esta é uma antiga receita inglesa. 

Algum inglês teve, muitos atrás, a ideia de usar leite, açúcar e pimenta para se livrar das moscas e a receita funcionou incrivelmente, sendo até hoje muito utilizada na Inglaterra e nos Estados Unidos

A receita é esta:

- Meio litro de leite

- 1 quarto de xícara de açúcar demerara

- 4 colheres (sopa) de pimenta-do-reino moída

Despeje o leite em uma panela.

Adicione o açúcar e a pimenta ao leite.

Deixe cozinhar por 10 a 15 minutos.

Agora pegue alguns pratos rasos e despeje um pouco desta solução de leite e pimenta em cada um deles.

Espalhe esses pratos em sua casa, especialmente nas áreas osde as moscas aparecem frequentemente.

As moscas são atraídas por essa preparação e rapidamente se afogam nela.
Leia Mais ►

Sua urina pode revelar sua saúde

A urina normal tem a cor amarela.

Mas alguns fatores podem mudar a cor da urina, e ela pode ficar muito clara ou muito escura.

A cor da urina humana normal pode variar de amarelo translúcido para âmbar escuro.

É um líquido estéril que é expelido pelo corpo e um produto do metabolismo celular.

Alimentos, bebidas e doenças podem alterar a aparência da urina.

A causa da cor amarela da urina normal é o pigmento chamado urocromo ou urobilina.

A sua urina ficara mais escura (âmbar) sempre que você não receber quantidade suficiente de líquidos e beber pouca água.

Não há motivo para pânico, na maioria das vezes, quando sua urina fica mais escura do que deveria ser normalmente.

Tudo que você precisa fazer é beber mais líquidos, de preferência, claro, água.

E se sua urina ficar muito clara?

Isso é um bom sinal.

Normalmente, quanto mais clara a urina é, mais saudável está você.

Pessoas que bebem regularmente água  limpam e clareiam a urina, o que é um sinal de que seu corpo está adequadamente hidratado.

No entanto, urina clara também pode ocorrer em pessoas que estão tomando muita água, e tambem pode ser perigoso o excesso de água, pois causa uma sobrecarga nos rins.

Se a micção aumentar, especialmente se a urina for de cor clara e não houver grande ingestão de água,  pode ser um sinal de diabetes.

Às vezes, em algumas pessoas, a urina torna-se clara após o uso excessivo de álcool.

Uma das razões para o aumento da frequência urinária é que o álcool (especialmente a cerveja) é um diurético, logo aumenta a vontade de fazer xixi.

O álcool leva a um aumento na micção e, por isso, seu corpo deve extrair água de outros órgãos.

E isso faz que faz com que, além de água, você elimine eletrólitos importantes de seu corpo.

Esta é a principal razão de o álcool deixar você com dor de cabeça, uma ressaca desagradável e torná-lo, pouco a pouco,  doente.



A urina pode ficar rosa, azul, verde, laranja, e essa variação normalmente é causada por alimentos, como algodão-doce, beterraba, aspargo.

Hepatite deixa urina muito amarela.

Sangue na urina é preocupante, pois pode indicar uma doença grave, como câncer renal, aumento da próstata e pedras na bexiga.

A urina com espuma mostra que você está ingerindo proteína em excesso, mas também pode ser sinal de doença nos rins.

Você deve se preocupar e consultar seu médico se:

- não consegue controlar a vontade de urina

- está urinando mais do que o habitual e sem aumentar o consumo de líquidos

- está tendo dificuldade para urinar

- está urinando menos que o habitual

- acorda várias vezes à noite para urinar

 - urina apenas pequenas quantidades de cada vez

- sente dor ao urinar 

Normalmente uma mudança drástica na cor da urina é causada por algo que você consumiu durante o dia.

Mas, se elas forem frequentes (mesmo sem motivo alimentar para isso) e ocorrer um ou mais desses sintomas, contacte o seu médico o mais rápido possível, para que ele elucide as alterações.
Leia Mais ►

6 receitas caseiras que vão ajudar a normalizar sua pressão arterial

Passamos mais de uma semana preparando esta matéria.

É que queríamos escrever uma reportagem supercompleta de tratamentos naturais para hipertensão.

E, modéstia à parte, conseguimos.

Nas linhas seguintes, você encontrará seis ótimas opções de tratamentos caseiros para normalizar a pressão arterial.

São tratamentos muito elogiados por quem os fez e, o melhor, fáceis de fazer.

Mas atenção!

Pressão alta é um problema muito sério.

Por isso, utilize esses tratamentos como um auxílio ao que foi prescrito pelo seu médico.

E, se porventura algum deles for capaz de normalizar sua pressão (e isso é muito possível), informe seu médico para que ele decida os rumos do tratamento e até escolha ficar apenas com a opção natural.

Mas o fato é que é possível sim normalizar a pressão com medicamentos naturais.

E, se você ainda não sabia, vai comprovar agora.

A seguir estão os remédios caseiros que ajudam a reduzir a pressão arterial.

1. LIMÃO

O limão ajuda a tornar os vasos sanguíneos macios, removendo a rigidez desses vasos. 

E isso ajuda, e muito, na redução da hipertensão. 

O limão também é rico nas vitaminas B e C e, por isso, consumi-lo não vai apenas reduzir a pressão arterial, mas também manterá seu coração saudável.

O tratamento com limão:

Crie o hábito de beber 5 ou 6 copos de água de limão todos os dias.

Você faz essa água adicionando 2 colheres (sopa) de suco de limão em um copo de água morna.

Beba isso com o estômago vazio todos os dias, 5 a 6 vezes, para baixar a pressão arterial elevada.

Beba essa água de limão sem açúcar. 

2. SEMENTES DE MELANCIA

As sementes de melancia contêm cucurbocitrin, uma substância que ajuda no alargamento dos capilares sanguíneos.

E isso ajuda na redução dos níveis de pressão arterial e também é um tratamento eficaz para artrite e doenças renais.

O tratamento com sementes de melancia:

Separe 2 colheres (sopa) de sementes de melancia secas e esmague-as suavemente (pode ser com um pilão ou martelo de cozinha).

Agora adicione essas sementes de melancia esmagadas em um copo de água fervida.

Deixe-as lá por cerca de uma hora, mas antes mexa para que se misturem bem com a água.

Coe e beba quatro colheres (sopa) desta água a cada hora do dia.

3. ALHO

O alho é um reconhecido remédio caseiro para reduzir os níveis de colesterol em seu corpo,  que é uma das causas da hipertensão.

O alho contém sulfeto de hidrogênio, um composto muito importante que promove um bom fluxo sanguíneo e reduz a pressão arterial.

O tratamento com alho:


Extraia o suco/sumo de alho esmagando bem cerca de 10 dentes de alho.

Transfira esse suco para um vidro escuro com contagotas e adicione 5-6 gotas dele em um copo com 4 colheres (chá) de água.

Consuma essa mistura diariamente duas vezes por dia.



4. FOLHAS DE AIPO

O 3-N-butylphthalide é uma substância que se encontra de forma elevada no aipo.

Ele é um composto fitoquímico que ajuda a reduzir  a pressão arterial elevada.

Essa substância também vai ajudar na redução dos hormônios do estresse, que normalmente fazem os vasos se contraírem, o que dificulta a circulação do sangue e, por consequência, aumenta a pressão arterial. 

O tratamento com aipo:

Procure consumir um talo e folhas de aipo em sua salada de legumes diariamente, o que vai ajudar na redução dos níveis de pressão arterial.

Outra opção é consumir duas vezes por dia um copo de suco de aipo (bata no líquidificador 200 mL de água junto com 1ou 2 talos de aipo).

Atenção! Grávidas não podem consumir aipo.

5. CEBOLA

A cebola também tem a capacidade de afinar o sangue e melhorar a circulação dele, favorecendo a queda da pressão arterial.

O tratamento com cebola:

Coma pelo menos metade de uma cebola crua de tamanho médio todos os dias.

Extraia o suco de meia cebola crua e pura (liquidifique sem água no liquidificador).

Coloque 1 colher (chá) desse suco num copo e adicione 1 colher  (chá) de mel e misture bem.

Beba essa mistura duas vezes todos os dias para manter sua pressão sanguínea sob controle. 

Importante! Diabéticos devem substituir o mel por estévia pura.

6. SEMENTES DE FENO-GREGO

A pasta de sementes de feno-grego tem a fama, especialmente em países orientais, de ser muito eficaz no tratamento da hipertensão.

O tramento com sementes de feno-grego:

Adicione 1 ou 2 colheres (chá) de sementes de feno-grego (vende em lojas de ervas e temperos) em um pouco de água e ferva por três a quatro minutos.

Coe e use as sementes de feno-grego para transformá-las em uma pasta fina com a ajuda de um liquidificador.

Consuma essa pasta todos os dias uma vez pela manhã com o estômago vazio e também uma vez à noite.

Você vai observar uma diminuição dos níveis de pressão arterial em dois ou três meses de consumo dessa pasta.

Além desses tratamentos, é importante você se exercitar cerca de 30 a 45 minutos pelo menos 5 ou 6 vezes por semana para aumentar o seu metabolismo e manter a pressão arterial em níveis normais.

Também reduza o consumo de álcool e pare de fumar.

Você deve aprender a administrar o estresse para reduzir a pressão arterial.

Exercícios de relaxamento, de ioga e de respiração profunda (aprenda <AQUI>) ajudam na redução do estresse.

E é essencial reduzir a ingestão de sal.

Você precisa reduzir a ingestão de cloreto de sódio para controlar a hipertensão.

Seria ainda melhor se você pudesse evitar totalmente o sal comum no alimento que você come.

Use temperos, o sal de ervas (receita <AQUI>) e sal do Himalaia no lugar do sal comum.

É aconselhável ficar longe de alimentos processados ​​e alimentos congelados, que contêm altos níveis de sódio.

Você também precisa dormir pelo menos sete horas por dia.

Não adianta ficar preocupado com nada.

Preocupações só fazem aumentar a pressão arterial.

Não adianta nem mesmo ficar preocupado com a sua hipertensão.

Tome uma atitude, cuide de sua saúde adotando algumas dessas orientações.

E experimente um ou mesmo use uma combinação dos remédios acima.

Temos quase certeza de que você vai controlar a pressão arterial em três ou quatro meses, podendo até mesmo dispensar o uso de medicamentos.

Leia Mais ►

Ótimo e fácil exercício respiratório para combater ansiedade e insônia

Insônia, nervosismo, ansiedade, mau humor.

Você tem um ou mais desses sintomas?

A solução pode ser mais simples do que você imagina: exercícios respiratórios.

Os exercícios de respiração podem reduzir o estresse, melhorar o humor e ajudá-lo a se sentir energizado.

Melhor ainda, eles são simples, fáceis e podem ser praticados em qualquer lugar.

Acredite!

Exercícios respiratórios são uma maneira maravilhosa de reduzir a ansiedade, agitação e estresse, promovendo ao mesmo tempo relaxamento, calma e paz interior.

Eles requerem disciplina e algum empenho de sua parte para alcançar resultados. 

No entanto, os benefícios a longo prazo são muitos e valem o esforço - um corpo e mente calmos e relaxados são menos propensas a problemas de saúde.

Respirar fortemente oxigena o cérebro e influencia os processos de fisiologia e de pensamento.

Enquanto isso, muita atenção em pensamentos perturbadores pode causar ansiedade, culpa e infelicidade.

Adquira o hábito de transferir seu pensamento para a respiração sempre que se encontrar em situações estressantes. 

Um exercício respiratório excelente é o "respiração 4-7-8". 

Ele é extremamente simples, leva quase nenhum tempo, não requer nenhum equipamento e pode ser feito em qualquer lugar.

Você pode fazer o exercício em qualquer posição, mas é muito importante manter as costas retas enquanto pratica o exercício.


Coloque a ponta da língua no céu da boca, logo atrás dos dentes superiores da frente, e a mantenha lá durante todo o exercício.

Feito isso, siga os seguintes passos:

1. Expire completamente pela boca, fazendo um som típico de que põe o ar para fora ("fuuuu!").

2. Feche a boca e inale tranquilamente pelo nariz e faça, durante a inalação, uma contagem mental até quatro.

3. Segure a respiração e faça uma contagem até sete.

4. Agora você vai expirar outra vez completamente pela boca, fazendo um som "fuuuuu!" e uma contagem até oito.

5. Repita o ciclo mais três vezes, para fazer um total de quatro respirações.

É importante você sempre inspirar calmamente pelo nariz e expire pela boca de forma audível, fazendo o som típico de quem respira com força.

A ponta da língua precisa ficar na posição recomendada o tempo todo. 

A exalação leva o dobro do tempo de inalação. 

É muito importante manter a razão de 4: 7: 8 nas três etapas do exercício.

Se tiver dificuldade em prender a respiração, acelere o exercício, mas mantenha a proporção de 4: 7: 8 para as três fases. 

Com a prática, o exercício ficará cada vez mais fácil.

Pratique pelo menos duas vezes por dia (a segunda, se tiver insônia, pode ser na hora de dormir).

A partir do segundo mês de prática, se quiser, você pode ampliar para oito ciclos respiração.

No início, você pode se sentir um pouco tonto quando  fizer o exercício.

Mas não se preocupe: isso vai passar com a sequência da prática.
Leia Mais ►

5 receitas naturais para clarear axilas

O escurecimento da região das axilas é um problema comum.

O chato é que é muito desagradável, em termos estéticos, ter axilas escuras.

As causas para que ocorra esse escurecimento são diversas, como: uso de barbeador, ventilação insuficiente, excesso de transpiração, acúmulo de células mortas e uso de desodorantes e antiperspirantes à base de álcool (melhor usar leite de magnésia como desodorante; veja <AQUI>).

Se você é vítima desse problema, não se preocupe.

Existem boas receitas naturais que são capazes solucionar essa condição.

E nós fizemos uma seleção com 5 excelentes receitas para combater o escurecimento das axilas.

Aí vão elas:

1. Batata

Corte uma fatia fina de batata e esfregue-a em suas axilas.

Você também pode amassar a batata e coloque seu sumo sobre as manchas escuras. 

Seja a primeira ou segunda, você precisa deixar secar por 15-20 minutos e depois lavar com água morna.

Aconselha-se fazer duas vezes diariamente.

Com a sequência do tratamento, haverá o clareamento das axilas.

Em vez de batata, você pode usar pepino.

2. Limão


Esfregue um pedaço de limão na sua pele durante alguns minutos.

Deixe agir por 10 minutos e depois lave muito bem para que não fique nenhum resíduo da fruta.

Use um hidatante depois na região em que houve aplicação de limão.

3. Bicarbonato de sódio

Combine água e bicarbonato de sódio, em partes iguais, a fim de fazer uma pasta gr

Aplique depois essa pasta em suas axilas, espere secar e lave para removê-la.

Repita este método de 3 a 5 vezes por semana.

4. Vinagre

Misture farinha de trigo e vinagre para obter uma pasta grossa.

Use durante o banho e deixe a pasta secar de 10 a 15 minutos.

Lave-a com água morna.

Faça este tratamento três vezes por semana.

5. Leite

Misture 1 colher (sopa) de farinha de trigo, 2 colheres (sopa) de leite integral e 1 colher (chá) de iogurte natural.

Essa mistura vai virar uma massa turva.

Coloque a massa em suas axilas e deixe-a agir por 15 minutos antes de enxaguar com água fria.

Repita a aplicação de 3 a 5 vezes por semana. 

IMPORTANTE!

Faça um teste antes de iniciar qualquer um desses tratamevntos, para ver se ocorre alguma reação alérgica (o que é muito raro).

Aplique uma pequena quantidade em uma das axilas, aguarde alguns minutos e veja se haverá alguma manifestação de alergia.

Se não ocorrer, o tratamento está liberado.

OUTRA INFORMAÇÃO IMPORTANTE!

Axilas escuras podem ser um sinal de uma doença rara conhecida como acantose nigricans, que geralmente está relacionada com diabetes, obesidade, disfunções hormonais, uso de certos medicamentos e câncer.


É por isso que é recomendado visitar o seu médico se o escurecimento persistir para descartar a hipótese de um problema mais sério. 
Leia Mais ►

Receita de água alcalina que acelera emagrecimento e ajuda tireoide

Se você quer dar um "up" na sua dieta de perda de peso, ou seja, acelerar seu emagrecimento, esta receita é incrível.

É uma água muito elogiada por quem já fez uso dela.

Um verdadeiro quarteto fantástico entra na sua fórmula: limão, gengibre, pepino e cravo-da-índia.

Graças a esses ingredientes, esta bebida fica com uma incrível capacidade alcalina, termogênica e diurética, o que resulta numa aceleração na perda dos quilos excedentes e em muitos outros benefícios.

O limão, quase todos sabem, é uma fruta extraordinária.

São muitas as suas virtudes.

Entre as suas magníficas propriedades, ele é alcalinizante, ou, numa linguagem popular, afina o sangue, eliminando gorduras e toxinas do corpo.

Além disso, ele acelera o metabolismo e é rico em vitamina C. 

o gengibre, assim como o limão,  também ajuda a acelerar o metabolismo. 

Ele  é perfeito para a desintoxicação do organismo, além de ser considerado um poderoso anti-inflamatório, anticoagulante, antioxidante e bactericida.

O gengibre ainda apresenta propriedades terapêuticas sobre o sistema digestivo, pois estimula a liberação de enzimas que promovem o esvaziamento do estômago. 

E estudos demonstraram o potencial dessa raiz para baixar o nível do colesterol. 

O pepino é altamente diurético, é desintoxicante e contribui para o emagrecimento. 

Seu percentual de água é altíssimo: 95% do pepino é água.

E o melhor, é uma água alcalina, que vai melhorar o sangue, limpar a pele e eliminar gorduras.

O cravo-da-índia aumenta a produção de enzimas responsáveis pela digestão, o que promove a queima rápida de gordura. 

Além disso, controla o colesterol e contribui para o bom funcionamento da tireoide, o que é muito importante para quem quer emagrecer.

Mesmo para quem não tem problema na tireoide, o cravo é útil, pois ele funciona como um preventivo contra um possível surgimento de disfunção nessa glândula, seja para hipotireoidismo ou hipertireoidismo.

E a receita desta incrível água, hein?

Vem agora - anote:



INGREDIENTES

1 litro e 700 ml de água

2 limões

1 pepino grande

1 pedaço de 5 centímetros de gengibre

1 colher (chá) de cravo-da-índia em pó ou moído

Algumas folhas de hortelã (opcional)

MODO DE PREPARO

Lave e corte os limões e o pepino em fatias bem finas sem descascá-los. 

Se eles não forem orgânicos, este método <AQUI> elimina os agrotóxicos dele.

Lave o gengibre e fatie bem fininho também.

Coloque tudo numa jarra de vidro com capacidade para armazenar a receita.

Adicione o cravo e a água e leve para a geladeira, onde repousará durante 8 horas.

Se quiser, para deixar a água mais saborosa, adicione algumas folhas de hortelã.

O ideal é preparar a água à noite para tomar no dia seguinte.

Tome 1 copo em jejum, antes das refeições e todas as vezes que sentir sede.
Leia Mais ►

3 ótimas receitas caseiras para náuseas

Às vezes, comemos algo muito pesado, indigesto, ou até mesmo comemos demais.

Então, ficamos mal, enjoados, com naúseas.

A solução é ir a uma farmácia e comprar algo que ajude a "desembrulhar" o estômago, certo?

Errado!

A solução, ou melhor, as soluções são caseiras e naturais.

São três receitas supersimples e muito usadas pela tradicional medicina indiana.

Escolha uma delas ou teste as três na próxima vez que ficar enjoado por algum excesso alimentar.

Vamos a elas.


RECEITA 1

Misture bem 1 colher (chá) de suco de limão (espremido na hora) e 1 colher (chá) de mel.

Beba imediatamente.

RECEITA 2

Faça um chá de qualquer erva digestiva (camomila, erva-doce, boldo, hortelã ou carqueja) e acrescente 1 colher (chá) de cominho em pó e 1 pitada de noz-moscada. 

Mexa bem e beba em seguida.

RECEITA 3

Esta receita é contraindicada para mulheres grávidas.

Ferver 1 copo de água e acrescente meia colher (chá) de canela em pó.

Misture bem e tome imediatamente.

Não são superfáceis as três dicas?

E elas costumam proporcionar um alívio quase imediato das náuseas.

E o melhor, são totalmente naturais, sem nenhuma química agressiva.
Leia Mais ►

Superfórmula que limpa artérias, elimina mau colesterol e reforça imunidade

Este medicamento natural vai desobstruir suas artérias e eliminar o mau colesterol.

Trata-se de uma fórmula concentrada de alho, limão e gengibre, três fortes "afinadores" naturais do sangue.

O consumo regular dessa bebida vai ajudar na eliminação de acúmulos de gordura no sangue. 

A fórmula foi desenvolvida para tratar e prevenir a aterosclerose, regular o nível de gorduras no sangue, prevenir a fadiga geral, prevenir e tratar gripes, infecções e resfriados, reforçar a imunidade, limpar o fígado e melhorar a função das enzimas hepáticas e ajudar na prevenção de doenças cardíacas e circulatórias. 

O sangue, pela medicina natural, é o segredo da saúde.

E este elixir desintoxica e melhora intensamente a qualidade do sangue.

Esta bebida é especialmente incrível para as pessoas mais velhas, pois restaura a energia, rejuvenesce o corpo e melhora a circulação.

Nela há uma grande concentração de alho, o que é intencional.

Isso foi pensado, durante a criação da receita, para que se obtivesse uma alta concentração de enzimas e de outras importantes substâncias do alho.

Mas não se preocupe: o limão e a água neutralizam completamente o sabor e o cheiro fortes do alho.

Portanto, nem o sabor nem o cheiro de alho são desculpas para não fazer a bebida.

A preparação deste medicamento natural é muito simples.

Comprove:



INGREDIENTES

4 cabeças de alho (mais ou menos 40 dentes) 

4 limões

1 pedaço de 4 cm de raiz de gengibre ou 2 colheres (sopa) de gengibre em pó

2 litros de água

MODO DE PREPARO

Lave e corte os limões em pedaços sem descascá-los. 

Se os limões não forem orgânicos, este método <AQUI> elimina os agrotóxicos dele.

Descasque os dentes de alho e misture-os, numa vasilha, com os pedaços de limão e o gengibre.

Misture até ficar bem homogêneo.

Coloque a mistura numa panela, despeje sobre ela 2 litros de água e leve para aquecer até que chegue ao ponto de ebulição.

Mexa de vez em quando.

Tire a panela do fogo e deixe esfriar por um tempo.

Coe e transfira para garrafas de vidro.

Beba este medicamento todos os dias.

Você deve tomar cerca de 200 ml na parte da manhã, em jejum, antes de comer ou de beber algo.

Você pode também dividir esse consumo, em quantidades menores ao longo do dia.

Agitar bem o frasco antes de cada uso.

Conserve na geladeira.

Quem é hipertenso deve tomar uma dose muito pequena e observar como o corpo reage, pois existem especulações sobre o gengibre aumentar a pressão arterial (nada comprovado cientificamente). 
Leia Mais ►

Receita de pastilha natural para aliviar irritação na garganta e combater tosse

Quando nossa garganta está irritada, normalmente corremos a uma farmácia para comprar alguma medicação.

Entre os itens de compra, quase sempre está uma embalagem de pastilhas que suavizam a irritação e diminuem a tosse.

Mas já pensou em fazer a própria pastilha?

Qual a vantagem disso?

A vantagem é que você sabe o que está usando, é uma pastilha caseira e livre de conservantes e outras químicas.

Além disso, é uma excelente pastilha, pois tem na sua composição poderosos ingredientes com ação antibacteriana e antiviral.

Em resumo, é um produto natural muito superior a essas pastilhas comerciais que nãu são nem um pouco saudáveis.

A receita tem quatro "titãs" da medicina natural: mel, limão, cravo e gengibre.

Todos com efetiva ação contra vírus e bactérias.

Juntos nesta pastilha natural, os quatro ingredientes vão tratar sua dor de garganta, combater a tosse e atuar também contra a gripe.

Vale a pena aprender e fazer esta incrível pastilha natural!

Aí vai a receita:

INGREDIENTES

1 xícara de açúcar

1/2 xícara de água

1 colher (sopa) de suco de limão

1 colher (sopa) de mel

1/2 colher (chá) de gengibre em pó

1/4 colher (chá) de cravo em pó

MODO DE PREPARO

Leve ao fogo baixo todos os ingredientes, na ordem que está acima.

Vá mexendo com uma colher e deixe cozinhar por 20 minutos.


Passado esse tempo, retira a panela do fogo e deixa a calda descansar. 

Por quanto tempo ela vai descansar?

Depende da aparência: ela precisa ficar muito grossa.



Enquanto ela descansa, prepare uma assadeira com papel-manteiga, onde você vai transformar a calda em pequenas pastilhas.


Assim que a consistência estiver grossa, com uma colher ou uma bisnaga de confeiteiro, vá formando as pastilhas na bandeja com papel manteiga (observe as fotos).


Espere descansar 20 minutos e, então, polvilhe com açúcar para evitar que as pastilhas se colem umas às outras.

Use de 3 a 5 por dia (deixando dissolver na boca), especialmente para aliviar a irritação na garganta e combater a tosse.
Leia Mais ►