Cura Pela Natureza, saúde e tratamentos naturais

Banho de assento com chá de orégano trata fungos e coceira nas partes íntimas

A lavagem das partes íntimas com chá de orégano combate fungos (como a cândida) e coceiras.

O processo é muito simples.

Basta jogar um punhado de orégano em 250 ml de água fervida, abafar e deixar amornar.

Depois coa-se e coloca-se o chá ainda morno numa bacia limpa, numa temperatura que não queime a pele (suportável ao toque), mas que também não seja fria, e lava-se o órgão genital em movimentos rápidos, mas com cuidado para não machucar, até o chá ficar quase frio.


Pode ser de cócoras no boxe.

Quem não consegue fazer dessa forma por causa da coluna pode sentar na privada e jogar o chá aos poucos com uma jarra, tendo cuidado para a água do vaso não bater na pele.

Depois é só enxugar levemente, tirando o excesso, e dormir sem calcinha.

Sim, sem calcinha, pois toda mulher deve dormir sem calcinha e usar no dia a dia calcinha de algodão, para manter a área ventilada, pois os fungom gostam de lugares úmidos e quentes.

Outra dica é evitar roupas apertadas e não usar protetores diários, sobretudo aqueles com cheirinho.

A lavagem deve ser feita no mínimo por uma semana e toda noite.

Para acelerar o processo, é bom tomar uma xícara de chá de orégano (ou de cravo-da-índia) toda noite antes de dormir.

A dosagem é diferente: uma colher de sopa para meio litro de água, mas o modo de fazer é o mesmo.

Em vez do orégano, pode-se usar na lavagem cravo-da-índia em igual quantidade. Faz-se o chá do mesmo modo.

Em vez do chá, pode-se fazer o extrato de cravo-da-índia colocando uns 300 gramas de cravo em meio litro de álcool. Deixa-se apurar por no mínimo três meses. Está bom quando o álcool fica marrom. Usa-se o extrato misturado com 50% de água (meio copo do extrato para meio de água). Serve para coceiras em geral. Basta passar no local e deixar secar naturalmente. Esse extrato, misturado com água e colocado num borrifador, deixa a casa mais cheirosa, sem ter o inconveniente de agredir o planeta nem o ar que respiramos. Se quiser mais cheiro é só pingar umas gotas da essência de sua preferência.


Cuidados para evitar fungos 

A higiene pessoal deve ser feita da vulva para o ânus, nunca ao contrário.

Evite banho em banheira.

Evite meias e roupas íntimas de náilon e calças apertadas.

Faça uma perfeita higienização durante o banho.

Lave as roupas íntimas com água fervente e sabão.

Não use toalhas e roupas de outras pessoas.

Passe as roupas íntimas com ferro.

Prefira calcinhas de algodão.

Prefira sabonete, absorvente e papel higiênico neutros.

Seque bem todo o corpo.  
Leia Mais ►

Gargarejo com chá de caju combate inflamações na garganta

O caju é uma fruta nativa do Brasil e é encontrado principalmente no Nordeste, onde o clima lhe é mais favorável.

Trata-se de uma boa fonte de vitamina C.

É importante saber que o fruto mesmo é a castanha e que a parte carnuda, vermelha ou amarela, com a qual fazemos o suco, é chamada de “pseudofruto”.

Veja abaixo como o caju pode ser benéfico para sua saúde:

- Ajuda a combater a gripe, pois é o mais rico em vitamina C depois da acerola.

- Bom para diabéticos, já que tem pouco açúcar e zero de colesterol prejudicial.


- Previne o crescimento de células cancerosas.

- Fortalece os ossos.

- Ajuda no rejuvenescimento da pele.

- Pode oferecer grandes benefícios cardiovasculares.

- Ótimo para tratar problemas de pele.

Existe uma receita com caju que é excelente para curar problemas de garganta.

Essa receita você vai aprender agora

INGREDIENTES

1 caju

1 copo com água

MODO DE PREPARO

Corte o caju e retire a casca.

Leve ao fogo para ferver com água (a quantidade de 1 copo).

Depois que ferver, desligue o fogo.

Espere esfriar.

Bata tudo no liquidificador quando estiver levemente morno.

Coe e faça gargarejo.

Pode fazer até quatro vezes por dia.
Leia Mais ►

Receita de presunto vegetariano

No reino da alimentação saudável, tudo é possível.

Até mesmo um presunto caseiro 100% vegetariano e muito saboroso!

E com a grande vantagem de não ter nitrato e nem as outras porcarias de conservantes que põem no presunto industrializado.

Maravilhoso, não é?

O presunto vegetariano não é difícil de fazer, mas requer muita atenção para que tudo dê certo.

E o pequeno esforço vale a pena para ter um produto saudável que só fará bem para todos.

Anote e preste muita atenção, tá?

Lá vai:

INGREDIENTES

2 colheres (sopa) de azeite de oliva

1 cebola picada

1 talo de aipo picado

2 cenouras picadas

250 gramas de grão-de-bico cozido

1 copo (100 mL) de vinho tinto

sal a gosto

pimenta-do-reino a gosto

1 concha de caldo vegetal 

1 dente de alho esmagado

20 ml da água de beterraba cozida

1 colher (sopa) de fécula de batata

4 colheres (sopa) de chá preto defumado (prepare uma xícara e retire 4 colheres de sopa dessa xícara; esse chá é conhecido também como lapsang souchong; vende em casas de chá ou de produtos orientais)

1 colher sopa de agar-agar (vende em lojas de produtos naturais e em bons supermercados) dissolvida em 100 mL de água

MODO DE PREPARO

Refogue, com o azeite de oliva, a cebola, o talo de aipo e as cenouras.

Acrescente a esse refogado o grão-de-bico cozido.

Mexa e deixe pegar o tempero.

Adicione o vinho tinto e deixe evaporar o álcool.

Adicione o sal, a pimenta, 1 concha de caldo vegetal e deixe cozinhar por cerca de 10 minutos, até que o molho engrosse.

Depois que engrossar, adicione o alho esmagado, 20 mL da água de beterrabas cozidas e 1 colher (sopa) de fécula de batata.

Misture bem e desligue o fogo.

Coloque 4 colheres (sopa) de chá preto defumado (prepare uma xícara e retire 4 colheres de sopa dessa xícara).

Triture com um mixer ou bata no liquidificador.

Tem que ficar uma mistura totalmente homogênea, na consistência de creme.

Jogue por cima dessa mistura a água em que foi dissolvida 1 colher (sopa) de agar-agar.

Ligue de novo o fogo, misture bem, até que dê liga.

Desligue o fogo.

Unte um copo plástico  (tipo copão) de 500 ml com azeite.

Coloque dentro desse copo a massa ainda quente, com o cuidado de não criar bolhas na mistura (use uma colher para uniformizar a mistura na parte de cima do copo e tirar as bolhas).

Tampe o copo (é importante que o copo tenha tampa!) e coloque na geladeira por, pelo menos, 4 horas.

Passado esse tempo, o presunto vegetariano estará pronto e você poderá se deliciar com ele.

Se fizer tudo certinho, seu presunto vai ficar como o da foto e todos ficarão orgulhosos de você (inclusive nós!).
Leia Mais ►

Vinagrete de laranja, manjericão e mostarda tem mais sabor e saúde

O vinagrete que a maioria das pessoas conhece e faz é aquele molho feito com vinagre e, às vezes, com uma dose exagerada de sal.

O vinagrete normalmente é usado para temperar saladas ou carnes.

O vinagrete que vamos ensinar agora, além de muito mais saudável, dá de 10 em sabor nos vinagretes mais comuns.

Ele é diferente e tem um sabor mais marcante.

O suco de laranja, o manjericão e a mostarda dão a esta receita sabor e, ao mesmo tempo, saúde.

Se não, vejamos:

- o suco de laranja, com vitamina C e potássio, é bom para diabetes e doenças do coração;

- o manjericão é digestivo, combate a falta de apetite e parasitas intestinais;

- a mostarda combate dores nas costas e nos músculos, descongestiona o nariz, reduz os sintomas da artrite reumatoide, da asma e da menopausa.

E como é que se faz este vinagrete?

Você vai aprender agora:

INGREDIENTES

2 xícaras de suco de laranja

1/3 de xícara de vinagre de vinho branco

2 colheres (sopa) de polvilho azedo

2 colheres (chá) de mostarda

2 colheres (chá) de manjericão seco ou 1 colher (sopa) de manjericão fresco

2 colheres (chá) de azeite de oliva extravirgem

MODO DE PREPARO

Em uma panela pequena, misture o suco de laranja e o polvilho.

Aqueça até ferver, mexendo sempre.

Deixe ferver por 1 minuto.

Despeje em uma tigela, espere esfriar um pouco e depois leve à geladeira para que esfrie mais rápido.

Quando a mistura estiver bem fria, acrescente o vinagre, a mostarda, o manjericão e o azeite de oliva.

Misture tudo muito bem.

Sirva imediatamente.

Se não for comer na hora, cubra e leve à geladeira para que se conserve até o momento da refeição (no máximo 24 horas).

Fonte da receita e da foto: www.diabeticool.com
Leia Mais ►

Solução de sal, mel e bicarbonato combate cravos e espinhas

São terríveis os cravos para a nossa aparência!

Especialmente quando eles têm aqueles pontos negros.

Quem sofre com o problema entende bem o que estamos dizendo.

Ainda bem que existem ótimas receitas caseiras para combater esse incômodo.

Uma delas é a que vamos ensinar nas próximas linhas.

A receita é a combinação de sal, bicarbonato e mel.

Se você fizer tudo certinho, verá como ela vai melhorar o estado de sua pele, livrando-a dos cravos e espinhas.

E ainda vai clarear as manchas.

Vale a pena testar a receita.

Nós fizemos isso e a aprovamos.

Anote:

INGREDIENTES

1 colher (sopa) de sal

1 colher (sopa) de bicarbonato de sódio

2 colheres (sopa) de mel

MODO DE PREPARO E APLICAÇÃO

Misture bem os ingredientes.

Com a ajuda de um pedaço de algodão, aplicar a solução na região afetada por 5 minutos.

Depois, lave o rosto com sabão neutro.

Faça isso no máximo 2 vezes por semana.
Leia Mais ►

Tônico de uva e canela é revigorante e melhora circulação

O que dizer de uma receita que combina uva e canela?

Antes de responder, veja um resumo das propriedades das duas.

A uva é uma maravilhosa fruta.

Ela tem alto valor nutritivo e poderosos antioxidantes, os flavonoides, que aumentam a concentração de HDL (colesterol bom) no organismo.

Segundo especialistas, o consumo da fruta também ajuda a reduzir o risco de doenças cardiovasculares, a pressão arterial e o envelhecimento precoce.

E a canela é uma especiaria riquíssima em  usos medicinais: acelera o metabolismo, é digestiva, estimulante, afrodisíaca, antisséptica, aperiente, aromática, digestiva, estimulante, sedativa, tônica e vasodilatadora. 

Pronto.

Agora responda: o que dizer de uma receita que combina uva e canela?

É supermedicinal!

Sim, o tônico de uva e canela é uma receita supermedicinal porque reúne as virtudes dessas duas maravilhas da natureza.


A receita do tônico é muito fácil.

E basta tomar uma colher de sopa dele antes do almoço e do jantar.

Veja como é simples fazê-lo:

INGREDIENTES

1 litro de água

Meio quilo de uva

1 garrafa de vinho (é melhor o seco)

4 paus de canela

1 xícara de açúcar mascavo

MODO DE PREPARO

Cozinha a uva em 1 litro de água.

Espere esfriar.

Bata no liquidificador e coe.

Misture com o vinho, a canela e o açúcar mascavo.

Ferva essa mistura até chegar à consistência de um xarope.

Guarde num pote escuro de vidro.

IMPORTANTE: A receita é contraindicada aos diabéticos.

Leia Mais ►

Receita de pão de linhaça e de ervas (de liquidificador e sem glúten!)

Mais uma receita de pão do nosso Cura pela Natureza.

E que receita!

Para começar, hipersaudável.

E as vantagens, que são muitas, continuam: 

sem glúten e sem leite, ou seja, ideal para pessoas com alergias alimentares;

muito fácil de fazer;

rico em nutrientes, como o ômega 3 da linhaça, e em fibras, o que favorece as dietas de emagrecimento;

e, por fim, o melhor de tudo - é saborosíssimo.

Vamos aprender a receita?

Anote:

INGREDIENTES

3 colheres (sopa) de linhaça

2 xícaras (chá) de água

2 colheres (sopa) de azeite

2 ovos

1 colher (chá) de açúcar mascavo

3 colheres (sopa) de polvilho doce

1/2 colher (chá) de sal

2 xícaras (chá) de farinha de arroz 

2 colheres (sopa) de fermento químico em pó

Ervas a gosto (alecrim, orégano, manjericão)

MODO DE PREPARO

Bata a linhaça no liquidificador até virar uma farinha.

Depois, acrescente a água, o azeite e os ovos e bata bem.

Ainda batendo no liquidicador, junte aos poucos o açúcar, o polvilho, o sal e a farinha de arroz.

Por fim, inclua na massa o fermento e bata  pela última vez.

Misture as ervas  e transfira a massa para uma fôrma de pão untada com óleo e farinha de arroz.

Preaqueça o forno e leve o pão para assar na temperatura de 180 graus por 45 minutos.

Depois, é só servir e saborear!
Leia Mais ►

Dez dicas para conservar melhor os alimentos na geladeira

A geladeira é uma invenção que mudou completamente a culinária e a forma como nos alimentamos mundialmente.

O armazenamento das comidas em baixa temperatura garante um tempo de vida maior e permite que tenhamos mais economia, sem desperdiçar produtos por causa da falta de conservação.

Mesmo assim, são muitos os casos de alimentos jogados fora por terem sido guardados incorretamente.

Saiba dez dicas para evitar essas perdas e aproveitar ao máximo o potencial de cada ingrediente.

Organização

A conservação correta depende também da própria organização interna dos alimentos.

Vale escolher o tamanho de refrigerador ideal para suas necessidades.

Para uma família grande, a maior e mais sofisticada é a indicada, pois possui espaço e compartimentos para os diversos tipos de produtos, mas é sempre bom conhecer corretamente cada gaveta e espaço disponível, além de identificar um local especial para bebidas, frutas e verduras (veja alguns modelos aqui).

Batatas e maçãs juntas!

Guardar batatas e maçãs no mesmo ambiente refrigerado (gaveta ou saco) é cientificamente um método excelente para evitar que eles brotem. Frutas como maçã e banana liberam o gás etileno, um composto orgânico responsável pelo amadurecimento.

No contato com as batatas, entretanto, essas frutas retardam  esse processo e evitam que os brotos nasçam dos tubérculos, mantendo-os novos por mais tempo.

Tomates de cabeça para baixo

A melhor maneira de guardar os tomates é deixando com a haste para baixo.

Dessa forma ele fica mais protegido do ar e da umidade, principalmente nessa parte,  da qual ele foi arrancado na hora da colheita.

Ali ele é mais sensível e, muitas vezes, oferece aberturas para bactérias ou ressecamento.

A melhor maneira é deixá-los em um lugar arejado fora da geladeira, mas nos dias quentes é preciso levá-los ao refrigerador para evitar que estraguem.

Frutas delicadas

As frutas delicadas, como morangos e amoras, devem ser mantidas em uma única camada na geladeira. 

Para isso, é sempre bom retirar das embalagens nas quais elas são comercializadas e colocá-las num plástico ou pote nos quais elas fiquem todas alinhadas em uma única superfície. 

Isso evita que as superiores machuquem as inferiores ou o suco vaze e prejudique o restante delas. 

Colocadas lado a lado, a refrigeração também fica uniforme e evita a perda de muitas delas.

Ferver comidas

O ato de ferver alguns pratos antes de colocá-los na geladeira pode prolongar o tempo para consumo de muitos deles.

Essa prática elimina algumas bactérias superficiais e também retira um pouco do oxigênio que fica alojado em bolhas na mistura.

Assim, esses espaços, perfeitos para a infecção de microrganismos, são diminuídos.

Laticínios no topo 

Os queijos, leites, requeijões e manteigas devem ficar na prateleira de cima do refrigerador. 

Isso porque a maioria dos aparelhos possui o termômetro justamente nessa parte, garantindo que a temperatura do local seja a mais constante de todo o espaço.

Esses alimentos merecem prioridade justamente por serem os mais delicados e com risco de estragar, assim, a temperatura certa ajuda em sua conservação.

Cebolinhas na garrafa

Um método prático de armazenar as cebolinhas é colocando-as em uma garrafa plástica pequena.

Assim, será mais fácil para utilizá-las depois e elas não se misturarão com outros elementos presentes no refrigerador.

A dica é secá-las bem antes de guardar, para que fiquem frescas por mais tempo e não queimem. 

Verduras

As verduras devem ser guardadas na parte inferior do refrigerador, para evitar o ressecamento e deixá-las mais próximas da temperatura ambiente.

É importante também não lavá-las antes de guardar na geladeira, porque esse processo aumenta a umidade e facilita a deterioração.

A melhor maneira é colocá-las em saquinhos transparentes, para ficarem organizadas e protegidas.

Recipientes com tampa

Sempre que for armazenar algo é extremamente indicado que se coloque tudo em recipientes com tampa.

Isso evita a transferência de odores e o ressecamento de diversos produtos.

Latas abertas devem ser trocadas por potes com tampa, evitando assim também que estraguem com mais rapidez.

Fechar sempre

É importante também sempre fechar a geladeira corretamente e não mantê-la aberta por muito tempo. 

Isso faz com que a temperatura fique mais uniforme e conserve os alimentos por mais tempo. 

Além disso, a economia de energia é maior, uma vez que o motor do aparelho trabalhará menos para balancear a temperatura do ambiente interno. 

Outra atenção deve ser voltada para as borrachas da porta, que devem estar sempre novas para garantir a vedação.

Leia Mais ►

Aprenda a fazer a refrescante gasosa de gengibre

A gasosa de gengibre foi  indicada por um de nossos leitores.

É uma receita muito saborosa e refrescante. 

Nós não podíamos deixar de compartilhar essa maravilha, não é?

Então vamos ao que interessa!

INGREDIENTES


500 gramas de gengibre

2 quilos de açúcar cristal

2 colheres rasas de sopa de fermento Fleichmann (biológico seco e granulado)

15 litros de água

2 claras em neve

MODO DE PREPARO

Corte o gengibre em pequenos pedaços, se possível, e esmague-o. 

Num mesmo recipiente, acrescente o açúcar e 5 litros de água.

Leve para cozinhar e, quando começar a borbulhar, deixe ferver por meia hora.

Em seguida, desligue o fogo e  espere esfriar.

Feito isso, coloque a mistura num balde de plástico com tampa e espere descansar por um dia.

Observação: Coloque um peso de pelo menos 5 quilos sobre a tampa, para evitar que a fermentação force a abertura.

Depois de 24h, abra a tampa e acrescente os outros 10 litros de água e as duas colheres de fermento e mexa.

Bata as claras em neve e depois espalhe-as em cima da água de gengibre.

(É importante que essas claras sejam de uma fonte confiável, ou seja, use ovos sadios e omais fresco possível)

Não se preocupe se as claras não ocuparem toda superfície, com o tempo ela vai dissolver e espalhar.

Tampe mais uma vez e coloque o peso sobre a tampa por mais 24h.

Em seguida, é só tirar com uma colher grande tudo o que não for água: pedacinhos de gengibre, clara em neve...

A água que restou terá uma aparência pouco escura e um cheiro bom de gengibre, então você deve filtrá-la e engarrafá-la por dois dias – para que a fermentação seja completada. 

E finalmente, passado esse processo, a bebida já pode ir para geladeira e ser consumida.
Leia Mais ►

Receita de fortificante natural

Um fortificante, como o nome já diz, é um medicamento que fortifica, recupera as energias do corpo.

Os médicos normalmente nos recomendam fortificantes produzidos por laboratórios farmacêuticos.

Mas nós mesmos podemos produzir nosso medicamento fortificante.

E este que vamos ensinar é um poderoso tônico que revigora e restabelece as forças do organismo.

E qual o segredo dele?

O segredo é seu ingrediente principal, o nabo.

Muito usado pelos orientais, o nabo é considerado um alimento que mantém a saúde e o vigor do corpo, conferindo longevidade.

Ele atua como tônico e mineralizante.

É útil no tratamento da obesidade, problemas dos olhos, colesterol, reumatismo, pressão alta e anemia.

Vamos à receita do fortificante natural.

INGREDIENTES

1 nabo

Meio quilo de açúcar mascavo

Meio copo de água fervente

MODO DE PREPARO

Lave bem o nabo e corte-o em fatias.

Numa tigela, coloque as fatias de nabo e o açúcar, alternando da seguinte forma: uma de nabo, outra de açúcar mascavo, e assim sucessivamente.

Cubra com água fervente.

Tampe com pano e deixe descansar por 8 horas.

Coe e coloque o xarope em 1 vidro escuro.

Guarde na geladeira.

MODO DE CONSUMIR

Tome diariamente, pela manhã e antes de dormir, 1 colher (sobremesa) do fortificante.
Leia Mais ►

Xarope de maracujá combate tosse, sinusite e bronquite

Quase todo mundo sabe que o maracujá é um excelente calmante natural.

Mas o poder medicinal dessa fruta vai muito mais além.

Ela também é anti-inflamatória e expectorante.

E essa ação expectorante, que faz com que o organismo
elimine o excesso de muco/catarro, aparece reforçada na receita que vamos ensinar a seguir: o xarope de maracujá.

A receita também leva hortelã, que tem forte ação analgésica e descongestionante.

Chegou a hora de você aprender a receita.

Anote:

INGREDIENTES

2 maracujás grandes

1 xícara (chá) de açúcar mascavo

4 folhas de hortelã

MODO DE PREPARO

Tire a polpa dos maracujás.

Peneire de forma que fiquem apenas as sementes.

Misture as folhas de hortelã e as sementes de maracujá e leve tudo (incluindo o açúcar mascavo)ao fogo.

Vá mexendo com uma colher de pau até formar uma calda espessa.

Coloque em um vidro escuro e feche.

MODO DE USAR

As crianças devem tomar 1 colher (café) 3 vezes por dia

E os adultos, 1 colher (sopa) 3 vezes por dia.
Leia Mais ►

Quatro receitas de alisamento natural de cabelo


Cabelo liso é a preferência da maioria das brasileiras.

Isso talvez seja pela facilidade de mantê-los arrumados.

E, para alcançar o objetivo, muitas se submetem às químicas de salões de beleza.
  
No entanto, não há como negar que esses produtos prejudicam muito a saúde do cabelo.

As receitas que trouxemos são fáceis e econômicas.

Quer ver?

Receita nº 1

Creme de coco com limão

INGREDIENTES

1 coco 

1 copo de suco de limão

MODO DE PREPARO
Rale o coco e, depois, liquidifique para extrair o leite.

Adicione o suco de limão (na hora de liquificar).

Coloque a mistura na geladeira por cerca de três horas.

Em seguida, aplique o creme no cabelo e cubra com uma
touca térmica – por uma hora.

Depois lave o cabelo com xampu suave e deixe secar naturalmente.

Resultado: suavidade nos fios e alisamento.

Receita nº 2

Óleo de coco com azeite de oliva

INGREDIENTES

1 colher (sopa) de óleo de coco

1 colher (sopa) de azeite extravirgem de oliva

MODO DE PREPARO

Misture os ingredientes e aplique essa mistura em seu couro cabeludo, massageando até as pontas dos fios.

Deixe agir por pelos menos 40 minutos, cobrindo com uma touca térmica.

Em seguida, lave com xampu.

Receita nº 3

O poderoso leite

INGREDIENTES

1 copo grande de leite

MODO DE PREPARO

Despeje o leite em um borrifador e aplique em todo seu cabelo.

Deixe agir por meia hora, em seguida, lave com um xampu.

Observação: Você também pode adicionar mel ao leite.  

Receita nº 4

Azeite de oliva e ovo

INGREDIENTES

2 ovos

2 colheres (sopa) de azeite

MODO DE PREPARO

Bata os dois ovos e adicione o azeite.

Aplique a mistura no cabelo e deixe agir por, pelo menos, uma hora.

Depois lave com um xampu suave.

ANTES DE TERMINAR...

Vamos ser sinceros, esses produtos não darão o mesmo efeito que um alisamento em salão de beleza.

Mas são muito mais saudáveis e, repetindo-os, pelos menos duas vezes na semana, durante dois meses, você verá uma grande diferença.
Leia Mais ►